26 de novembro de 2021 Atualizado 20:47

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SAÚDE

Falta de pediatra em PS será tema de reunião entre secretária e vereadores em Santa Bárbara

Vereadores cobram solução e relatam demora em atendimento de crianças no Afonso Ramos e Edison Mano

Por Pedro Heiderich

24 nov 2021 às 07:30 • Última atualização 24 nov 2021 às 08:20

Saúde foi principal tema da sessão desta terça-feira – Foto: Divulgação/Câmara de Santa Bárbara

A falta de pediatras nos PSs (Prontos-Socorros) Afonso Ramos e Edison Mano, em Santa Bárbara d’Oeste, será tema de reunião entre a secretária de saúde Lucimeire Rocha e vereadores da cidade.

O encontro está marcado para às 14h desta quinta-feira (25), na câmara, e envolve Lucimeire e a comissão de Política Social da Casa, mas os demais vereadores também foram convidados a comparecer.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Desde a semana passada, os vereadores relatam que são procurados pela população para reclamar da demora no atendimento e falta de pediatra nos PSs. Na sessão desta terça-feira (23), não foi diferente.

O vereador Isac Sorrillo (Republicanos) destacou a importância de esclarecimentos da secretária. “A população está sofrendo nas pediatrias dos prontos-socorros, que estão abandonados”, critica.

Isac protocolou requerimento exigindo a convocação da secretária na câmara, que foi negado em votação. A justificativa é que primeiro Lucimeire ou qualquer outra autoridade seja convidada antes de ser convocada.

Entretanto, os vereadores já entraram em contato com Lucimeire e agendaram conversa para esta quinta.

“Queremos entender episódios específicos recentes e sobre o contrato com a empresa responsável pela administração dos hospitais e por contratar os médicos. Além disso, queremos saber como tem sido a atuação da prefeitura a respeito”, reforça Esther Moraes (PL), que faz parte da Comissão de Política Social.

Bachin Júnior (MDB), Careca do Esporte (Patriota), Celso Ávila (PV), e Jesus Vendedor (Avante), dentre outros vereadores, também cobraram medidas, como a rescisão do contrato com a empresa responsável. Nilson Araújo (PSD) frisou que todos os vereadores têm entre as demandas a saúde como a maior delas.

“Temos sim que questionar a secretária. O que está acontecendo? Fomos informados que só tem dois médicos pediatras no Afonso Ramos. Não foram remanejados pediatras para o Edison Mano”, afirma.

A prefeitura foi procurada pelo LIBERAL para comentar a situação e perguntada se cogita contratar mais médicos para os prontos-socorros ou rescindir o contrato com a empresa responsável, mas não respondeu.

Publicidade