19 de abril de 2021 Atualizado 22:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Luto em SB

Ex-comandante da Guarda de Santa Bárbara morre aos 83 anos

Miguel Rodrigues dirigiu a corporação, pela primeira vez, no início da década de 1960

Por Leonardo Oliveira

05 abr 2021 às 13:53 • Última atualização 05 abr 2021 às 13:59

O ex-comandante da GCM (Guarda Civil Municipal) de Santa Bárbara d’Oeste Miguel Rodrigues faleceu na madrugada desta segunda-feira (5), aos 83 anos.

Ele estava internado no Hospital Unimed Americana. A causa do óbito não havia sido revelada até a publicação desta reportagem.

Miguel recebendo homenagem do ex-prefeito Denis Andia (PV) – Foto: Reprodução / Facebook da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste

Miguel era casado e deixa três filhos. O velório começou às 12h30 desta segunda, no Velório Municipal Berto Lira, enquanto que o sepultamento está marcado para às 15h30, no Cemitério da Paz. Ele residia na Vila Brasil, em Santa Bárbara.

Por conta do decreto municipal do último sábado, só são permitidas até dez pessoas nos velórios realizados no município. A medida ocorre para evitar o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19.

PERFIL

Nascido em Santa Bárbara d’Oeste, Miguel foi comandante da Guarda pela primeira vez no início da década de 1960 e ficou na corporação até dezembro de 2000, quando se aposentou.

Por conta dos seus serviços prestados, ele se tornou, em 2016, nome de uma medalha entregue a título de honra para os membros da corporação.

Segundo informações da prefeitura e da câmara, Miguel fez a prova para entrar na Guarda Noturna em 1960, período em que ela tinha apenas seis integrantes. Em 1962, se tornou comandante pela primeira vez, posto que ocupou em outras oportunidades.

Antes de entrar na Guarda, trabalhou como lavrador e também foi funcionário das Indústrias Romi.

Publicidade