19 de abril de 2021 Atualizado 17:40

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Educação

Em meio a casos e mais restrições, aulas voltam em Santa Bárbara

Rede municipal de ensino terá retorno presencial para alguns segmentos

Por Leonardo Oliveira

25 fev 2021 às 08:01 • Última atualização 25 fev 2021 às 13:19

A rede municipal de ensino de Santa Bárbara d’Oeste terá, nesta quinta-feira, o retorno presencial às aulas dos estudantes dos últimos anos de cada segmento. A volta acontece um dia após o Governo do Estado anunciar restrições para combate à pandemia e diante de um cenário de casos confirmados entre funcionários das unidades.

Neste primeiro momento não será obrigatório a presença dos alunos em sala de aula – a escolha fica a cargo de cada responsável. Limitação de 30% a 35% dos alunos em cada sala, revezamento entre turmas, distanciamento de 1,5 metro e a troca de máscara a cada três horas estão entre os protocolos adotados pelo executivo.

Alunos retomam aulas em Santa Bárbara a partir desta quinta, em cenário de anúncio de restrições – Foto: Prefeitura de Santa Bárbara / Divulgação

A volta facultativa será para os matriculados no Maternal 3 (3 anos), Jardim 2 (5 anos), 5° ano do Ensino Fundamental (9 anos) e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Cada um desses segmentos cumprirá uma carga horária diferente.  

Os alunos mais novos terão atividades presenciais de segunda a sexta-feira, em horário reduzido, das 8h às 12h30. As turmas serão divididas em pequenos grupos, de até 35% da capacidade regular – a prefeitura diz que disponibilizará mais profissionais para fazer o acolhimento com segurança.

O retorno será com 30% da capacidade no Jardim 2, com os estudantes do período integral cumprindo horário das 8h às 12h. Já os matriculados no período regular irão presencialmente das 8h às 11h (matriculados de manhã), das 13h30 às 16h30 (matriculados à tarde), também uma vez por semana presencialmente. Nesses dois casos, as aulas na escola acontecem uma vez por semana.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Os matriculados no 5° ano do Ensino Fundamental também seguirão os 30% do limite, com uma aula presencial por semana. Aqueles do ensino integral frequentarão as EMEIs das 7h30 às 11h30. Aqueles registrados pela manhã estudarão das 7h30 às 10h30 e os à tarde das 13h às 16h.

Em três dias da semana, das 19h às 22h, os alunos do EJA terão compromissos na escola. Paralelo às atividades nas unidades educacionais, também haverá aulas online nos demais períodos, através da nova plataforma G-Suite (Google for Education).

Os alunos com mais de quatro anos deverão trocar de máscara a cada três horas, por isso os responsáveis devem entregar para os filhos mais de uma. Também é prevista a aferição de temperatura com termômetro digital na entrada do estudante. Se tiver febre, será mandado para casa.

Funcionários das mais diversas áreas das escolas municipais da cidade temem a retomada do ensino presencial. A prefeitura confirmou ao LIBERAL que três creches tiveram casos confirmados de Covid-19 recentemente.

Séries, filmes, games, quadrinhos: conheça o Estúdio 52.

Três servidoras pegaram Covid-19 na  EMEI (Escola Municipal de Ensino Infantil) Vanderley Matarazzo, no Conjunto Angelo Giubbina, duas profissionais foram infectadas na creche Zinho Saes, no Jardim Vista Alegre, enquanto uma servidora pegou a doença na EMEI  “Profª Rita de Cássia Toledo Mello Salvino Alves”, no Santa Rosa.

Em entrevista à reportagem durante a semana, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Santa Bárbara d’Oeste, Walmir Alfredo da Silva, disse que os professores estão com medo da volta. Por isso, a instituição enviou ao executivo um protocolo pedindo urgência na aplicação da vacina nos profissionais da educação.

Publicidade