18 de julho de 2024 Atualizado 22:35

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

eleições 2024

Eliel e Larguesa devem entrar na disputa pela Prefeitura de Santa Bárbara

Nome do petista ainda não tem consenso entre os partidos da federação composta pelo PT, PV e PCdoB

Por Cristiani Azanha

11 de julho de 2024, às 07h00 • Última atualização em 11 de julho de 2024, às 08h58

O vereador Eliel Miranda e Larguesa - Foto: Marcelo Rocha/Liberal e Arquivo/Liberal

As disputas das eleições municipais deste ano em Santa Bárbara d’Oeste estão ganhando novos cenários. Um deles diz respeito ao pré-candidato a prefeito, o vereador Eliel Miranda (PSD), que se intitula como centro-direita e definiu o pastor da igreja Batista Memorial, Elinaldo Pita, do mesmo partido, como o seu pré-candidato a vice-prefeito, com chapa pura.

Outra opção deve ser o pré-candidato Luís Vanderlei Larguesa, pela federação formada por PT, PV e PCdoB, com pré-candidato a vice o atual vereador Carlão Motorista (PSB), mas os nomes não têm o consenso do grupo.

Eliel afirma que a escolha do pastor Pita vai ao encontro da sua proposta de renovação. “Procurávamos por alguém que não tivesse disputado uma candidatura à prefeitura. Entendo que o trabalho que ele tem em 30 anos como pastor vai ao encontro do nosso projeto de construção”, diz.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O lançamento da pré-campanha deles está marcado para o próximo sábado (13). Eliel afirma que o evento terá a presença do vice-governador Felicio Ramuth, também do PSD.

Nos bastidores, o vereador também teria sido chamado para assumir o cargo de secretário de Segurança, em uma candidatura encabeçada por Dr. José (União Brasil), mas ele negou.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Apesar de ter o nome quase definido como pré-candidato, a confirmação do nome de Larguesa, que também é presidente municipal do PT e chegou a assumir a prefeitura em 2012, quando era vice-prefeito, ainda segue indefinida, pois vai depender da análise da federação. O representante do PCdoB local, o advogado Jorge da Silva, ainda não fechou o apoio de seu grupo.

“Fui indicado pela executiva do PT porque colocamos à mesa uma candidatura no campo progressista, pois todos os demais pré-candidatos têm um viés bolsonarista. Defendemos um projeto com o apoio do governo federal”, diz Larguesa.

Esther Moraes, vereadora e presidente municipal do PV, antecipa que seu partido defende uma candidatura própria pela federação e o nome ideal, segundo ela, é Larguesa.

O presidente do PCdoB ainda considera três possibilidades para fechar seu apoio. Uma delas seria Larguesa. A outra envolveria a chapa de Dr. José com Marcos Fontes, ambos do União Brasil e com o apoio do Agir, da federação PSDB, Cidadania e PMB. Ou ainda uma terceira via com a junção dos demais partidos que não estão com Dr. José ou com o atual prefeito Rafael Piovezan (PL) – que conta com Solidariedade, Avante, MDB, Podemos, DC e Republicanos, do vice Felipe Sanches.

“O próprio direcionamento da federação é apoiar qualquer candidato que não seja bolsonarista. Entendemos que o principal deles é o Piovezan, beneficiado pela máquina”, afirma Jorge.

Adegas Júnior, ex-vereador e ex-secretário municipal de Meio Ambiente, que tinha afirmado sua pré-candidatura pelo Podemos foi procurado, mas não retornou ao contato até a publicação desta matéria.

Publicidade