27 de maio de 2022 Atualizado 14:30

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades podem se vacinar a partir de terça em Santa Bárbara

Sem agendamento, aplicação das doses contra a Covid-19 acontece em três postos de saúde do município

Por Maria Eduarda Gazzetta

24 Janeiro 2022, às 16h56 • Última atualização 24 Janeiro 2022, às 17h45

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste começa a vacinar contra a Covid-19 crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades, a partir desta terça-feira (25). A imunização das crianças acontece em três UBSs (Unidades Básicas de Saúde): Cidade Nova, Regional Zona Sul (Santa Rita) e Centro de Saúde 2 (Linópolis) – confira os locais abaixo -, sem necessidade de agendamento.

De acordo com a prefeitura, o município recebeu 11.260 doses de Coronavac/Butantan destinadas ao novo público, imunizante aprovado na última semana pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Para receber a dose do imunizante, as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou dos responsáveis, com documentos que comprovem o parentesco e comprovante de endereço atualizado no nome dos pais ou dos responsáveis.

Para as crianças sem comorbidades, é necessário obrigatoriamente apresentar CPF e caderneta de vacinação. Os cadastros já existentes nas UBSs também poderão ser utilizados para a vacinação.

Crianças com comorbidade
Além do comprovante de endereço atualizado no nome dos pais ou dos responsáveis, para a vacinação de crianças com comorbidades e deficiência permanente, deve ser apresentado o CPF da criança, caderneta de vacinação e carta médica, exames, receitas ou prescrição médica.

As comorbidades definidas para prioridade na vacinação são: insuficiência cardíaca, cor-pulmonale e hipertensão pulmonar, síndromes coronarianas, valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias, doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas, próteses valvares dispositivos cardíacos implantados, talassemia, Síndrome de Down, diabetes mellitus, pneumopatia crônicas graves, hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3, hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo, doença cerebrovascular, imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos), anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática e HIV.

Já no caso das crianças com deficiência permanente, os pais ou responsáveis poderão comprovar a condição por meio da apresentação de laudo médico, comprovação de atendimento em centro de reabilitação ou unidade especializada, documento oficial com indicação da deficiência, cartões de gratuidade do transporte público, ou, por fim, uma autodeclaração (na ausência de outro tipo de documento).

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Pré-cadastro
Para agilizar o processo de identificação e vacinação, a prefeitura recomenda o pré-cadastro no site Vacina Já, do Governo do Estado de São Paulo.

Confira a lista de horários para vacinação de crianças:
• UBS da Cidade Nova
Rua do Algodão, 1.441, Cidade Nova – Telefone: 3457.4856 / 3457.8054
De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30

• UBS Regional Zona Sul
Rua José Calixto, 100, Santa Rita – Telefone: 3454-5178 / 3463-5468
De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 15 horas

• Centro de Saúde 2
Avenida Sábato Ronsini, 203, Vila Linópolis – Telefone: 3454.1107
De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 15 horas

Publicidade