Corrida arrecada fundos para o Médicos Sem Fronteiras

Corrida em Santa Bárbara d’Oeste reverte fundos para organização que hoje tem 450 projetos em 70 países; prova será no próximo dia 15


Fazer a diferença e levar ajuda a quem precisa. É com essa missão que a organização internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) corre o mundo oferecendo cuidados de saúde a pessoas afetadas por conflitos armados, desastres naturais, epidemias, desnutrição ou sem nenhum acesso à assistência médica. São 450 projetos em cerca de 70 países, com 45 mil profissionais em todos continentes. Santa Bárbara d’Oeste tem este mês um evento para reverter fundos à organização.

“Somos uma organização médico-humanitária independente e sem fins lucrativos. Isso significa que vivemos basicamente de recursos vindos de pessoas comuns. Esses recursos são fundamentais para os projetos onde atuamos no mundo todo”, diz Leticia Nolasco, psicóloga da Médicos Sem Fronteiras.

Foto: Dorothée Thiénot / MSF
Projeto da Médico Sem Fronteiras na África

As ações da MSF são, acima de tudo, médicas, e a própria organização decide onde, como e quando agir, baseada em sua avaliação sobre o contexto e as necessidades das pessoas a serem atendidas. O atendimento prestado e os recursos investidos em cada um dos projetos levam em consideração urgência e gravidade do caso.

“Como psicóloga, já atendi por Médicos Sem Fronteiras pessoas que haviam perdido tudo no contexto de guerra da Ucrânia, que foram arrebatadas por um terremoto fatal no Equador e até brasileiros que passaram por experiências difíceis no Brasil, como o incêndio na boate Kiss. Posso dizer que todo recurso que chega é muito importante para esse trabalho que fazemos em campo”, explica.

Quase a totalidade dos recursos recebidos vem de doações individuais e da iniciativa privada. Somente no Brasil, cerca de meio milhão de pessoas doa regularmente para a instituição, que já tem quase meio século de vida. Qualquer pessoa pode contribuir doando R$ 30 ao mês ou mais.

SOLIDARIEDADE

A organização também recebe recursos da Iniciativa Solidária, eventos organizados para beneficiá-la. É o caso da Corrida Sem Fronteiras, promovida pelo grupo RCA e que acontecerá pelo segundo ano consecutivo em Santa Bárbara d’Oeste. No ano passado foram cerca de 1,2 mil inscritos, o que resultou em uma doação de R$ 25 mil à MSF.

Este ano ela será realizada no dia 15 e os organizadores esperam reunir, pelo menos, 1,5 mil competidores. A largada será às 7h30, na Praça Dona Carolina, em frente ao Fórum.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site da Chelso Sports (chelso.com.br), organizadora da competição. O valor atual é de R$ 59,90, mais taxa de serviço de R$ 6,29. Os percursos serão de 5 e 10 km, além de caminhada de 5 km.

Neste ano há uma novidade. Quem quiser colaborar com a organização MSF e não puder correr ou caminhar pode fazer uma doação pelo site da Chelso, de R$ 34,95 e R$ 49,90.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora