18 de abril de 2021 Atualizado 08:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

PANDEMIA

Com recorde em Santa Bárbara, região confirma mais 43 mortes por Covid-19

Boletim de Santa Bárbara trouxe a confirmação de 14 óbitos; região acumula 1.729 vítimas do coronavírus

Por André Rossi

30 mar 2021 às 20:59

As cinco cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) comunicaram nesta terça-feira (30) mais 43 mortes provocadas pelo novo coronavírus (Covid-19). A região acumula 55.284 casos positivos da doença, com 1.729 vítimas.

Assim como em Americana, o boletim de Santa Bárbara d’Oeste trouxe casos represados da semana passada. A cidade informou 14 novas mortes, o maior número em um único boletim desde o início da pandemia.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

A prefeitura não divulga detalhes sobre morbidades dos pacientes, nem o bairro onde residiam. Confira o perfil das vítimas:

– mulher de 45 anos que faleceu em 22 de março;

– mulher de 70 anos que faleceu em 24 de março

– mulher de 77 anos que faleceu e, 24 de março;

– mulher de 72 anos que faleceu em 24 de março;

– homem de 77 anos que faleceu em 27 de março;

– mulher de 94 anos que faleceu em 27 de março;

– homem de 77 anos que faleceu em 27 de março;

– homem de 71 anos que faleceu em 28 de março;

– homem de 77 anos que faleceue em 28 de março;

– homem de 73 anos que faleceu em 28 de março;

– homem de 80 anos que faleceu em 28 de março;

– homem de 71 anos que faleceu em 28 de março;

– homem de 40 anos que faleceu em 29 de março;

– mulher de 69 anos que faleceu em 29 de março;

Santa Bárbara soma 12.282 casos confirmados da doença, com 360 óbitos. Até o momento, 11.430 pacientes se recuperaram.

Em Sumaré, a prefeitura informou 10 novas mortes, elevando o número de vítimas para 533. A cidade lidera a região no quesito, assim como em casos confirmados: 15.582. O perfil das vítimas:

– 27/03: Homem de 78 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Municipal de Paulínia;

– 29/03: Homem de 63 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Municipal de Paulínia;

– 25/03: Homem de 69 anos, com comorbidades. Estava internado na Casa de Saúde Campinas;

– 27/03: Homem de 49 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Unimed Campinas;

– 29/03: Homem de 59 anos, com comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko;

– 29/03: Homem de 69 anos, com comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko;

– 29/03: Homem de 72 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Municipal de Paulínia;

– 26/03: Homem de 61 anos, com comorbidades. Estava internado no Pronto Atendimento do Padre Anchieta;

– 27/03: Mulher de 84 anos, com comorbidades. Estava internada em Hortolândia no Hospital Municipal Mario Covas;

– 27/03: Mulher de 81 anos, com comorbidades. Estava internada no Hospital Municipal de Paulínia.

Já em Hortolândia, quatro mortes foram comunicadas. Entre elas a de um homem de 30 anos, sem comorbidades. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em Campinas, e faleceu no dia 28 de março.

Outra das vítimas foi uma mulher de 35 anos, com comorbidades, que faleceu em 19 de março. O resultado do exame só ficou pronto no dia 23 de março. As outras duas mortes foram:

– homem de 65 anos, com comorbidades, que estava internado na UPA do Jardim Amanda e faleceu no dia 19 de março;

– homem de 66 anos, com comorbidades, que estava internado no Hospital de Brasilândia, em São Paulo, e faleceu dia 21 de março;

Hortolândia soma 369 mortes e 10.721 casos positivos. Na região, apenas Nova Odessa não teve novos óbitos, se mantendo com 99.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Publicidade