21 de maio de 2022 Atualizado 21:14

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

bem-estar animal

Com investimento de R$ 5 milhões, Santa Bárbara terá clínica veterinária pública e regional

Consultas veterinárias, cirurgias e exames de ultrassom, raio-x e endoscopia para animais de estimação serão gratuitos

Por Maria Eduarda Gazzetta

26 Julho 2021, às 18h15

Projeto foi apresentado pelo prefeito Rafael Piovezan e pelo deputado federal Vanderlei Macris - Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG

A prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste anunciou na manhã desta segunda-feira (26) que a cidade está prestes a ganhar uma clínica veterinária pública de abrangência regional para atendimento de cães e gatos.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A iniciativa é parte do programa do governo estadual Meu Pet e foi anunciada pelo prefeito Rafael Piovezan (PV) e pelo deputado federal Vanderlei Macris (PSDB). No total, o Governo do Estado irá investir R$ 5 milhões na obra.

A clínica, com uma estrutura de 480 metros quadrados, será construída em um terreno cedido pela prefeitura e contará com salas cirúrgicas e equipamentos especializados.

No local será possível realizar, de forma gratuita, consultas veterinárias, cirurgias e exames de ultrassom, raio-x e endoscopia para animais de estimação. A contratação de funcionários e o custeio das atividades assistenciais ficarão sob responsabilidade do município.

“Santa Bárbara, ao longo do tempo, tem trabalhado de forma contínua não só na causa animal, mas nas relações que isso tem com a saúde coletiva de uma forma geral. A gente sabe que os animais trazem doença que precisam de pesquisa, investimento e trabalho continuado. A cidade se destaca nesse tema e estamos felizes por termos sido escolhido para receber este programa”, disse o prefeito.

A previsão da prefeitura é que no próximo dia 16 as equipes técnicas estaduais e municipais analisem as áreas selecionadas pela administração. Após ser escolhido o local, será aberta licitação com prazo de nove meses para a construção da clínica.

“Essas doenças infecciosas precisam ser tratadas e, muitas vezes, as gestões não têm como prioridade cuidar disso. Então, o governo do Estado implanta este programa, que irá se estender mais para frente e ainda será construído em mais quatro locais no estado”, disse o deputado federal Vanderlei Macris.

Nas próximas semanas, a prefeitura deverá definir como irá funcionar o convênio com outros municípios para o uso da clínica.

Publicidade