27 de outubro de 2020 Atualizado 17:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

COVID-19

Centro Social Urbano e parques públicos reabrem segunda em Santa Bárbara

Plano de retomada define ainda protocolos para bibliotecas e flexibiliza funcionamento de salão de festas

Por André Rossi

25 set 2020 às 21:19 • Última atualização 25 set 2020 às 21:26

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste anunciou nesta sexta-feira (25) que o Centro Social Urbano e diversos parques públicos da cidade reabrem a partir de segunda-feira (28).

A medida faz parte do Plano Municipal de Retomada das Atividades Coletivas, que envolve ainda o retorno de bibliotecas e flexibilização do funcionamento de salões de festa e buffets.

Parque Jacarandás é um dos que voltam a estar abertos ao público em Santa Bárbara – Foto: Prefeitura de S.Bárbara / Divulgação

“O plano ocorre em meio a uma redução média de 60% no número de óbitos em Santa Bárbara d’Oeste durante a segunda quinzena de setembro – em comparação à primeira quinzena do mês”, destacou a administração.

A partir de segunda-feira, fica autorizada a reabertura do Centro Social Urbano e dos parques dos Ipês, Araçariguama, Jacarandás, Parque Infantil Tom Leite, Parque Infantil do Panambi, Parque das Nascentes, Parque Arnaldo Boaretto, Parque do Mollon (Rua do Cobre x Rua do Estanho), Parque do 31 de Março (Rua Marechal Bittencourt x Rua 21 de Fevereiro) e Parque Vila Brasil (Rua Paraná).

Os parques funcionarão das 7h às 13h, com exceção do Centro Social Urbano, que respeitará a agenda de treinamentos estabelecida pela secretaria de Esportes. É obrigatório o uso de máscara pelos funcionários e frequentadores.

A prefeitura avisa que os sanitários estarão fechados e os bebedouros impedidos para o uso. A orientação é para que os frequentadores providenciem “seus meios pessoais de hidratação para que não haja o compartilhamento com outras pessoas”.

Haverá apenas a abertura de um único portão para acesso. O público deverá cumprir as medidas de distanciamento social e é proibida a aglomeração de pessoas nas dependências dos parques.

Já as bibliotecas municipais iniciam a retomada gradativa das atividades a partir do dia 5 de outubro, com a reabertura da unidade “Neide Crócomo”, no CEU das Artes.

No dia 13 de outubro, é a vez da biblioteca do Centro Cultural “Léo Sallum”, no Cidade Nova. Por fim, no dia 19 de outubro, da Biblioteca Central “Maria Aparecida de Almeida Nogueira” volta a funcionar.

No entanto, os espaços não estarão abertos ao público, exceto para retirada de livros. Para isso, será necessário agendamento por telefone e com intervalo de 10 minutos entre um atendimento e outro.

“Para devolução não será necessário o agendamento e todos os exemplares emprestados serão retirados do acervo após a devolução, ficando em quarentena”, esclareceu a administração.

As bibliotecas funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h. Os telefones para atendimento são 3458-5868 (Neide Crócomo), 3457-4657 (Léo Sallum) e 3455-2619 (Biblioteca Central).

A prefeitura também informou que as aulas na rede municipal de ensino seguem on-line, por meio de videoaulas e atividades de apoio.

Buffets

Os estabelecimentos que possuem licença de funcionamento ou alvará para atividade de salão de festas e “buffet” poderão, excepcionalmente, a partir de 3 de outubro, exercer a atividade de comércio de alimentação com consumo no local.

É necessário cumprir todas as regras dos protocolos sanitários de bares e restaurantes. Os estabelecimentos interessados deverão apresentar, através de protocolo on-line, requerimento solicitando a respectiva licença excepcional.

Publicidade