CEI do FGTS afasta dolo por parte da Prefeitura de Santa Bárbara

Relator concluiu que houve esforço do Governo Denis Andia (PV) em fazer os recolhimentos do FGTS no dia do vencimento


Os integrantes da CEI (Comissão Especial de Inquérito) que apura irregularidades no recolhimento do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste aprovaram nesta segunda-feira, por três votos a dois, o relatório apresentado pelo vereador Kadu Garçom (PR). O documento aponta que não houve crime ou dolo por parte da Administração.

Segundo o relator da CEI, foi possível concluir que houve esforço do Governo Denis Andia (PV) em fazer os recolhimentos do FGTS no dia do vencimento.

Foto: Câmara de Santa Bárbara / Divulgação
Comissão apurava supostas irregularidades no recolhimento do FGTS pela prefeitura

Além de Kadu, os vereadores Joel Cardoso, o Joel do Gás (PV), e Celso Luccatti Carneiro, o Celso da Bicicletaria (PPS), votaram a favor do documento.

O presidente da CEI, Valdenor de Jesus Gonçalves Fonseca, o Jesus Vendedor (DEM), e o vereador Edivaldo Meira, o Batoré (SD), se manifestaram contra o referido relatório, ambos alegando que precisariam de mais tempo para analisá-lo.

O pedido de parecer jurídico feito pelo presidente da CEI, Jesus Vendedor (DEM), que poderia suspender o encerramento dos trabalhos, acabou rejeitado.

Após o encerramento dos trabalhos da comissão, o relatório será encaminhado ao presidente da Câmara de Santa Bárbara, o vereador Felipe Sanches (PSC), que pode remeter os autos ao Ministério Público, para conhecimento e análise de todo apurado, assim como ao próprio chefe do Executivo, para conhecimento e adoção de medidas que entender necessárias.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora