22 de abril de 2021 Atualizado 19:40

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Santa Bárbara

Câmara de Santa Bárbara anuncia volta das sessões presenciais

População não poderá frequentar encontros, que serão abertos a vereadores, funcionários e imprensa

Por Leonardo Oliveira

01 mar 2021 às 14:39 • Última atualização 01 mar 2021 às 14:40

Trata-se de um período de testes e sem a presença do público - Foto: Divulgação

Após um período de quase um ano com sessões virtuais, a Câmara de Santa Bárbara d’Oeste decidiu que voltará com os encontros presenciais nesta terça-feira (2°), quando ocorre a primeira sessão do mês de março.

Trata-se de um período de testes e sem a presença do público. Somente poderão frequentar o plenário da casa os vereadores, alguns servidores, a equipe de filmagem e membros da imprensa.

Para aqueles que não estiverem dentro desses grupos, a opção será por continuar acompanhando as transmissões através do perfil oficial da Câmara Municipal no Facebook ou no Yotube.

Desde abril do ano passado, os encontros acontecem de maneira online. No início desse ano, no entanto, houve pressão de vereadores para que o modelo mudasse. Travamentos na transmissão e áudios vazados foram alguns dos motivos que fizeram crescer o movimento pelo retorno presencial.

“Os vereadores reclamavam muito que a sessão online é meio fria, porque os vereadores não conseguem as vezes fazer o debate da forma que eles gostariam, como acontece na presencial”, disse ao LIBERAL o presidente da câmara, Joel Cardoso, o Joel do Gás (PV).

Joel afirmou que o mês de março será de testes, para detectar se os frequentadores se comportarão de maneira adequada.

“A gente precisa saber se o pessoal vai obedecer as regras, porque, as vezes, a gente faz ela presencial e o pessoal entende que está livre pra tudo, então nós vamos conscientizar os vereadores e os funcionários para seguir todas as normas para que a gente não tenha nenhum tipo de problema”, acrescenta.

A decisão de restringir a presença do público em geral foi respaldada na recente regressão da região de Campinas para fase laranja do Plano São Paulo.

“Qualquer funcionário e até o público que seja acometido pela Covid-19 nas dependências da Câmara a  responsabilidade é minha, como presidente, então é uma preocupação muito grande liberar para o público agora nesse momento. Nossa intenção é voltar presencial, mas eu acredito que a saúde dos funcionários e das pessoas é mais importante nesse momento”, finaliza Joel.

A primeira sessão presencial do ano votará três projetos nesta terça. Um do vereador Eliel Miranda (PSD), que trata sobre a implantação de medidas para informar a gestante sobre a Política Nacional de Atenção Obstétrica e Neonatal, um do vereador Carlos Fontes (PSL), que autoriza a prefeitura a duplicar a avenida Lázaro Gonçalves de Oliveira, e um do vereador Celso Ávila (PV) que dá nome a uma rua do Loteamento  Jardim das Flores em homenagem ao comerciante Miguel Gonçalez.

A sessão contará com transmissão, ao vivo, pela rádio Santa Bárbara FM (95,9MHz), pelo site www.camarasantabarbara.sp.gov.br, e pelas páginas da Câmara no Facebook (@camaradesbo) e no Youtube (@cmsbo).  

Publicidade