Barbarense terá de ressarcir prefeitura por colisão contra semáforo

Justiça determina que servente de 31 anos pague R$ 4,7 mil por bater em semáforo da Av. Santa Bárbara em acidente de 2012


Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Para juiz, houve conduta negligente, imprudente e imperita

O servente Jackson Candido Ribeiro, de 31 anos, terá de pagar R$ 4,7 mil aos cofres da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste por ter danificado um semáforo no município em um acidente de trânsito ocorrido em 2012. A decisão da Justiça foi publicada mês passado no site do TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo).

No processo consta que o barbarense transitava pela Avenida Santa Bárbara na madrugada do dia 8 de janeiro de 2012 quando, na altura da Avenida da Agricultura, “mediante conduta negligente, imprudente e imperita”, colidiu contra uma coluna semafórica.

O juiz Thiago Garcia Navarro Senne Chicarino, da 1ª Vara Cível do município, escreve na decisão que os documentos juntados nos autos confirmam que foi o próprio réu quem acertou a coluna e que não ficou provado que o acidente teria sido causado por outro condutor, tese levantada pelo réu.

A quantia a ser paga ainda deve ser corrigida, com o acréscimo de juros de mora à taxa de 1% ao mês, a contar da data do acidente, além de correção monetária. O advogado da defesa, Leandro Gustavo da Rocha, afirmou que tentará contato com o seu cliente antes de confirmar se vai recorrer ou não da decisão.

Jackson esteve preso por tráfico de drogas, por isso não teve contato com o advogado durante a fase processual.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora