Bandidos fazem família refém em roubo a residência

Assaltantes fizeram com que as próprias vítimas carregassem os carros com os itens roubados da casa; prejuízo pode chegar a R$ 15 mil


Três homens armados renderam uma família e roubaram cerca de R$ 15 mil em itens na noite dessa quarta-feira (17) durante um assalto a residência no bairro Frezzarin 2, em Santa Bárbara d’Oeste. Os criminosos fizeram com que as próprias vítimas colocassem os itens roubados nos carros. Uma moto também foi levada.

Foto: Arquivo / O Liberal
Caso foi registrado no Plantão Policial de Santa Bárbara d’Oeste

De acordo com o boletim de ocorrência, o caso ocorreu às 21h30. Uma das vítimas, um eletricista autônomo de 24 anos, disse ao LIBERAL que seu irmão estava do lado de fora da casa conversando com a namorada quando o trio chegou. Dois deles estavam armados e anunciaram o assalto.

Além do irmão e da namorada, também estavam na casa o pai, mãe e outro irmão do eletricista, que foram rendidos. Os dois veículos que estavam na casa foram usados pelos criminosos para transportar os itens roubados. Posteriormente, os automóveis foram abandonados na Rua Sorocaba. Uma moto Twister prata também foi levada. Porém, diferentemente dos carros, ainda não foi localizada.

“Mandaram todo mundo ficar quieto. Falaram para nós trabalharmos para eles. Para nós desmontarmos a TV, as coisas da casa, e por no carro para eles. Na minha casa tinha um Corsa, que é da minha firma, e um Corolla do meu irmão. Levaram os dois carros. Mó cara de pau. Fizeram nós colocarmos os materiais dentro do carro da gente”, contou o eletricista.

Dentro do porta-malas do Corsa haviam diversas ferramentas utilizadas pelo autônomo para trabalhar. Ele pediu para que os homens deixassem os equipamentos, avaliados em R$ 4 mil.

“Ainda pedi para eles não levarem minhas ferramentas. Aí falou assim ‘não, fica, tranquilo, nós somos bandidos de palavra’, para eu não ficar nervoso, que iam deixar o carro com as ferramentas. Levaram tudo”, lamentou o eletricista.

O assalto durou cerca de trinta minutos. Quando terminaram de carregar os itens, as vítimas foram levadas até o banheiro. Como a porta não trancava, os assaltantes falaram para que eles não deixassem o cômodo e fugiram na sequência.

Entre os itens roubados, estão quatro celulares, aparelho de som, sanfona, capacete, televisão, roupas, perfumes, além de R$ 1 mil em dinheiro. O eletricista estima que o prejuízo foi de cerca de R$ 15 mil, incluindo suas ferramentas de trabalho.

Um dos assaltantes usava capuz, enquanto os outros dois usavam toucas. Ninguém foi preso até a publicação desta matéria.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!