16 de janeiro de 2021 Atualizado 00:11

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Cidade Nova

Asilo São Vicente vai ter nova sede em Santa Bárbara

Instituição conseguirá mais do que dobrar o número de idosos atendidos e instalar novas estruturas, como piscina de reabilitação e espaço para criar animais

Por Leonardo Oliveira

05 jan 2021 às 07:52

Uma área de 11 mil metros, no Jardim Alphacenter, região da Cidade Nova e próxima da Avenida São Paulo, será a nova sede do Asilo São Vicente de Paulo de Santa Bárbara d’Oeste.

No local, a instituição conseguirá mais do que dobrar o número de idosos atendidos e instalar novas estruturas, como piscina de reabilitação e um espaço para criação de animais.

O asilo conseguiu a concessão da área, que pertence a prefeitura, por 40 anos. O governo municipal tinha aberto um chamamento público para escolher um asilo que ocuparia o local, sendo que o São Vicente de Paulo foi o escolhido. Em troca, a instituição terá que ceder 15% das vagas ao poder público, para acolher idosos em situação de vulnerabilidade social.

Nova sede irá ocupar uma área de 11 mil metros na região da Cidade Nova – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Hoje, a entidade funciona em um imóvel de 2,5 mil metros quadrados na Rua General Osório, no Centro da cidade, e consegue atender até 70 idosos. No novo espaço, será possível abrigar 200 pessoas, de acordo com a coordenadora do asilo, Rose Batista.

“O projeto ainda está sendo finalizado, mas além da ampliação do número de vagas, a gente vai ter aumento da equipe multiprofissional, porque teremos condições de criar salas para atendimento de terapia ocupacional, que hoje não existe. Iremos também aumentar nossa equipe com fonoaudiólogos”, disse ao LIBERAL.

Além disso, a estrutura física será bem diferente. A criação de um espaço para abrigar animais e a implantação de uma horta fazem parte do novo projeto. O objetivo é atender a demanda de muitos idosos, que gostam de desenvolver essas atividades. “São coisas que farão bem a eles [residentes]. Todo nosso projeto lá é na prevenção e na reabilitação, focando mesmo na ocupação do espaço de tempo dos idosos”, diz Rose.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A previsão é que a construção do novo asilo comece no início do próximo ano e seja concluída em 36 meses. Para isso, a coordenadora espera contar com a ajuda da população. Uma campanha deve ser realizada.

“A construção será por conta do asilo. Em breve a gente vai entrar em campanha com a comunidade para arrecadar material de construção e os profissionais que irão colaborar. Se nós não tivermos o auxílio da comunidade, do poder público, a gente não consegue sozinho, porque o espaço lá é muito grande”, finalizou Rose.

O imóvel atual pertence à Associação Barbarense das Damas de Caridade, mantenedora do asilo. Segundo Rose, a diretoria da entidade ainda não definiu o que fazer com o local.

Publicidade