Após roubo no Mollon, adolescente morre em confronto com a PM

Luis Otávio Moura Moraes, de 15 anos, estava com outro menor de idade durante o crime, além de um terceiro suspeito que conseguiu fugir


O barbarense Luis Otávio Moura de Moraes, de 15 anos, morreu após participar de um roubo que terminou em troca de tiros com a polícia no bairro 31 de Março, em Santa Bárbara d’Oeste, na noite desta quarta-feira (10). O adolescente estava com outro menor de idade durante o crime, além de um terceiro suspeito que conseguiu fugir.

Foto: Polícia Militar / Divulgação
Revólver Taurus com numeração suprimida e cinco munições foram apreendidos pela PM

De acordo com informações da PM (Polícia Militar), o caso ocorreu às 23h15. Os agentes foram acionados para atender um roubo a veículo na Rua do Irídio, no Mollon. Sob ameaça de arma de fogo, três indivíduos renderam o casal que estava em um Toyota Corolla prata.

Durante patrulhamento, os policiais localizaram o veículo roubado trafegando pela Avenida Santa Bárbara. Os condutores não obedeceram ao sinal de parada, empreenderam fuga e conseguiram despistar os agentes no bairro 31 de Março.

Posteriormente, equipe da Força Tática localizou o Corolla na Rua Vereador Joel Bueno Quirino. O condutor perdeu o controle e bateu o carro em um poste. Nesse momento, a PM afirma que os ocupantes “efetuaram disparo de arma de fogo contra a equipe que revidou a injusta agressão, vindo a alvejar um dos ocupantes com dois disparos”.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil, o veículo era conduzido por um adolescente de 16 anos, que “de pronto deitou ao solo e se entregou”. O jovem acabou apreendido.

A PM sustenta que Moraes carregava um revólver e efetuou disparos contra a guarnição. Após ser baleado, ele foi socorrido até o Pronto Socorro Afonso Ramos, em Santa Bárbara, mas não resistiu e morreu.

Os dois adolescentes tinham passagem por tráfico de drogas, segundo a polícia. Um revólver Taurus calibre 38 com numeração suprimida foi apreendido, assim como quatro munições intactas. O caso foi registrado como roubo e resistência consumados.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora