Após furto, escola de Santa Bárbara terá vigilante e nova portaria

Mudanças haviam sido prometidas a um grupo de pais de alunos pelo prefeito Denis Andia (PV) em reunião na última sexta


Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal.JPG
Furto no local ocorreu em 9 de abril

Depois de um homem entrar no Ciep Dom Eduardo Koaik, no Planalto do Sol 2, em Santa Bárbara d’Oeste, e furtar três professoras na semana passada, a secretaria de Educação da cidade designou nesta terça-feira um vigilante para atuar na escola. Obras para modificar a portaria também foram iniciadas.

As mudanças haviam sido prometidas a um grupo de pais de alunos pelo prefeito Denis Andia (PV) em reunião na última sexta. Ontem, a própria secretária de Educação Tânia Mara da Silva convocou uma reunião na escola para anunciar formalmente a implantação das novas medidas.

O furto ocorreu na manhã do dia 9 de abril. Um homem entrou na escola, furtou R$ 600 da bolsa de três professoras, que estavam em três salas e deixou o local pela frente.

A autônoma Juliana Roberta Barbosa, 32, que tem uma filha no Ciep, participou da reunião. Ela disse que o vigilante já estava trabalhando, que a ronda da GCM (Guarda Civil Municipal) passa pelo local todos os dias e que foram iniciadas as modificações na portaria.

A prefeitura foi questionada sobre os prazos para conclusão da reforma, mas não respondeu. Sobre o vigilante, foi dito apenas que já era funcionário da Educação.

“A Secretaria de Educação informa que os trabalhos para otimização do atendimento e segurança na unidade já ocorrem. Foram reforçadas as orientações sobre procedimentos e protocolos a serem cumpridos pela equipe escolar em relação à segurança das crianças”, informou em nota.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora