Após 5 anos, prefeitura de SB diz que creche está ‘praticamente pronta’

Unidade começou a ser construída em junho de 2014, mas ainda não foi entregue


Cinco anos e meio depois de começar a construção de uma creche no Jardim Dona Regina, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste anunciou na última segunda-feira que a obra, atrasada, está “praticamente pronta”.
O governo municipal não deu prazo exato para entrega da escola, apenas informou que a previsão é que entre em funcionamento ainda durante o primeiro semestre. Serão 130 vagas para alunos de até 3 anos.

A creche começou a ser construída em junho de 2014, por meio de uma licitação lançada em 2012. Em 2015, a prefeitura rescindiu contrato com a empresa responsável por “incapacidade de execução”. Em 2018, o governo municipal fez nova licitação.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Creche no Dona Regina teve investimento de R$ 2,1 mi, montante dividido entre governo federal e prefeitura

A obra foi retomada no ano seguinte, e a placa no local informa que a conclusão estava prevista para setembro do ano passado, o que ainda não aconteceu – e a prefeitura não informou o porquê.

No total, foram investidos R$ 2,1 milhões – R$ 1,3 milhão do governo federal e R$ 814 mil da prefeitura. Nesta terça-feira, o município informou que a obra está em fase final de acabamento.

ESPERA. O corretor Eder dos Santos Vieira, de 39 anos, se mudou para o Dona Regina em 2014, quando a obra havia acabado de começar. Ele mora a cerca de 50 metros da creche, mas tem de levar diariamente seu filho Vinícius, de 2 anos, até o Jardim Pérola, a aproximadamente 2,5 quilômetros de distância.

“A gente não sabe ainda como está, mas dificilmente meu filho não vai ser transferido pra cá. Não tem cabimento continuar levando ele lá”, afirma o pai, que precisou recorrer à Justiça para conseguir a vaga para o garoto em uma creche conveniada.

Em outubro de 2019, a prefeitura firmou um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o MP (Ministério Público) para zerar a fila de espera por vaga em creche até o fim de 2020.

Em agosto, no que era o número mais recente até aquela ocasião, havia 407 crianças à espera – questionada ontem, a prefeitura não informou qual é a fila atual.

A administração informou que hoje as crianças do Dona Regina frequentam as escolas do entorno e que a creche passará a atender esses alunos, abrindo vagas nas demais unidades. A prefeitura atende atualmente cerca de 3,5 mil crianças em 40 escolas próprias e conveniadas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora