Verba para dengue é liberada para quatro cidades da RPT

Apenas Americana ficou de fora de anúncio do governo do Estado de São Paulo e vai precisar refazer o projeto para conseguir ter acesso a recurso


Quatro das cinco cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) vão receber do governo estadual verba para ações de combate à dengue por meio da Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas)
Americana, cidade que lidera o número de casos da doença este ano na região, com 3.995 positivos, não foi contemplada com o recurso.

O valor é liberado após aprovação de projeto apresentado à Agemcamp. Americana receberia R$ 130 mil, mas, segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, terá que reapresentar a proposta por conta de problemas “técnicos”.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Nebulização é uma das medidas adotadas por Americana para combate à dengue

“Não tem um prazo máximo, mas é importante que façam logo [o projeto]”, disse o secretário em entrevista ao LIBERAL.

“O prazo que temos é o da prevenção, o quanto antes fizer essa parte de autorização, assinatura, recurso em conta, inicia a prevenção que vai ser fundamental principalmente para chegada do próximo verão”, afirmou Vinholi.

Segundo a Prefeitura de Americana, as mudanças pedidas foram elaboradas e o projeto está “em vias” de ser encaminhado ao Estado.

O projeto enviado por Americana contempla a compra de sacos, telas para caixas d’água, confecção de panfletos e cartazes, equipamento para verificação de calhas e testes rápidos para detecção da doença. Caso seja aprovada, a verba de R$ 130 mil será a maior que Americana receberá nos últimos anos do Estado para combate à dengue.

Em 2016, o município recebeu uma picape e três nebulizadores costais. Além disso, entre 2016 e 2018, a cidade teve recursos do programa de incentivo à campanha “Todos Juntos contra o Aedes aegypti”. Os valores variaram entre R$ 4,4 mil e R$ 19,8 mil.

As prefeituras de Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste informaram que ainda aguardam resposta oficial da Agemcamp sobre prazo e valores que serão recebidos. Hortolândia disse que teve o projeto aprovado no valor de R$ 130 mil.

“Será fundamental, principalmente em um ano que tivemos muita incidência de dengue. O Estado está sensível a isso e a atuar de forma incisiva. Temos a meta de fazer em todos os municípios da Região Metropolitana de Campinas”, disse o secretário estadual.

A liberação, anunciada pelo governador João Doria (PSDB) nesta terça-feira, contemplou 13 cidades.

Dengue na região*

RPT tem mais de 9 mil casos confirmados

Americana – 3.995
Santa Bárbara – 1.583
Nova Odessa – 1.316
Sumaré – 2.239
Hortolândia – 497

*Os dados de Americana e Santa Bárbara são do dia 1º de julho; de Sumaré são de 28 de junho; e de Nova Odessa e Hortolândia, 24 de junho.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora