Três são detidos por tráfico de drogas na região

As ocorrências foram registradas em Americana e Santa Bárbara; apenas um foi preso


Três pessoas foram detidas sob suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, neste sábado (14), na RPT (Região do Polo Têxtil). Um homem de 19 anos foi preso. As ocorrências foram registradas em Americana, no bairro Cordenonsi, e em Santa Bárbara d´Oeste, no Conjunto Habitacional Romano.

Logo no início da tarde, dois suspeitos foram detidos pela Polícia Militar após tentativa de fuga no Conj. Hab. Romano. Segundo os PMs, eles estavam em frente a entrada de um dos blocos do condomínio quando, ao avistarem a viatura, dispensaram um saco plástico no chão e entraram em um apartamento no piso térreo. Dentro da sacola, estavam 15 porções de maconha, 11 de cocaína e 9 papelotes de crack.

Os indivíduos, um de 19 anos e outro de 16, foram encaminhados ao plantão policial para elaboração do boletim de ocorrência. O homem recebeu voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas e recolhido à cadeia Pública “Carcereiro Pedro Cromo”, em Santa Bárbara, onde permanece à disposição da justiça. Já o adolescente foi liberado em seguida à genitora.

Ainda na madrugada deste sábado, outros três suspeitos foram abordados no bairro Cordenonsi. Eles estavam sob um toldo de uma padaria localizada entre as ruas São Joaquim e São Lucas, ponto conhecido dos policiais pelo tráfico de drogas. G.F.S. festava sentado sobre uma pilha de blocos de cimento e, ao avistar a viatura, teria colocado algo na boca, bebido água e tentado sair do local.

G. é conhecido por vender entorpecentes. Na abordagem, ele cuspiu a pedra de crack que havia tentado ingerir minutos antes. Com ele, foi encontrado um maço de cigarro contendo R$ 21,55 em espécie. Entre os blocos de cimento, os policiais localizaram 34 pedras de crack prontas para a venda.

Questionado sobre a origem da droga, G. não se pronunciou. Os outros dois indivíduos que estavam no local alegaram não conhecer G. e que estavam ali apenas fumando cigarro. Nada foi encontrado com eles sendo, portanto, liberados em seguida.

G., recebeu voz de prisão pelos PMs e foi encaminhado à CPJ (Central de Polícia Judiciária) para elaboração do boletim de ocorrência. O caso foi registrado como porte ilegal de entorpecentes e G. liberado em seguida.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!