26 de junho de 2022 Atualizado 19:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

COVID-19

Sob risco de regredir no Plano São Paulo, Omar pede respeito ao isolamento

Governo paulista avalia com atenção aumento de casos na região e vai anunciar uma nova reclassificação será feita no dia 17 de junho

Por

11 de junho de 2020, às 08h58 • Última atualização em 11 de junho de 2020, às 09h01

Apesar do anúncio que Americana e região permanecerão na fase 2 (laranja) do “Plano São Paulo” para a retomada econômica, o governo paulista fez um alerta para a “tendência de evolução da pandemia” em virtude do aumento de casos da doença.

Por isso, uma nova reclassificação será feita no dia 17 de junho e existe o risco de regressão para a primeira fase (vermelha), na qual só é permitida a abertura de serviços essenciais.

Prefeito de Americana pediu que as pessoas só se desloquem ao comércio em caso de necessidade – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal_06.06.2020

Americana faz parte da região do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Campinas. A reabertura gradual nesta etapa prevê a liberação de funcionamento de escritórios, comércio, shoppings (ou galerias), concessionárias e imobiliária, que já estão funcionando desde o dia 1º na região.

Prefeito de Americana, Omar Najar (MDB) pede para que a população fique em casa e só se desloque ao comércio em caso de necessidade. A principal preocupação é de que novas aglomerações como as vistas no último sábado no Calçadão central voltem a acontecer.

“Foi feita a abertura, mas nós temos que ter cautela. O vírus está por aí. A gente viu o movimento que teve no calçadão e fica preocupado realmente. Vai transmitindo, né. A gente tem colocado ‘fica em casa’ porque é difícil. Imagina que reabriu agora e amanhã o governo do Estado mandar fechar e volta tudo à estaca zero?”, comentou Omar.

A retomada econômica é realizada de acordo com a classificação das regiões, que foi definida pelo governo paulista com base na disponibilidade de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para o novo coronavírus (Covid-19) e na evolução dos casos durante a pandemia.

“O isolamento social é chave nesse processo. Esse cenário só se garante com a cooperação da população e também com a liderança dos prefeitos nessa parceria com o Governo do Estado”, destacou a Secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patricia Ellen.

Podcast Além da Capa
A pandemia do novo coronavírus completa três meses com a certeza de representar o maior desafio da carreira de gestores públicos em saúde, como é o caso dos secretários que atuam em cidades da região. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com os responsáveis pelas pastas em Americana, Santa Bárbara e Nova Odessa sobre a experiência forjada pela crise.

Publicidade