Nova etapa de vacinação começa na segunda-feira

Foco são jovens na faixa dos 20 aos 29 anos; é preciso levar carteira de vacinação para que seja avaliada a necessidade de doses


A partir da próxima segunda-feira (18), a RPT (Região do Polo Têxtil) dá início à segunda etapa de vacinação contra sarampo. Determinada pelo Ministério da Saúde, a campanha terá como foco jovens entre 20 e 29 anos.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

A orientação é que todas as pessoas com menos de 30 anos tenham duas doses contra sarampo. Quem tiver apenas uma vacina deve procurar um posto de saúde munido de carteira de vacinação. Se o jovem não souber quantas doses tomou ou não tiver a carteirinha, também deve procurar uma UBS (Unidade Básica de Saúde).

Foto: Marcelo Camargo / ABr
Segunda etapa da vacinação começa na próxima segunda-feira

O Ministério da Saúde lançou a campanha para ampliar a cobertura e combater o avanço da doença. O sarampo chegou a ser erradicado do País, mas voltou a circular. Ao mesmo tempo, os índices de cobertura vacinal caíram em todo o Brasil.

Na RPT, são 30 casos confirmados, sem nenhuma complicação. Hortolândia é quem tem mais casos, com 11 positivos. Sumaré e Santa Bárbara d’Oeste registraram, respectivamente, oito e seis casos. Em Americana, cinco pessoas contraíram a doença (duas delas fora do município). No Estado de São Paulo, são quase 9 mil casos.

Não há uma estimativa de quantas pessoas vão precisar receber doses da vacina. Contudo, o público alvo da campanha é composto por, pelo menos, 86 mil pessoas – 38 mil em Americana, 38 mil em Hortolândia e 9,4 mil em Nova Odessa. Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré não informaram.

Além da oferta de segunda a sexta-feira, as cidades preparam a realização do Dia D, em 30 de novembro. Neste sábado, algumas unidades estarão abertas para facilitar o atendimento a pessoas que não têm disponibilidade durante a semana.

Na primeira fase da campanha, o público-alvo era formado por crianças entre seis meses e seis anos. As doses seguem disponíveis nas unidades de saúde.

“Manter a vacinação em dia é a melhor forma de prevenção. Por isso, convocamos os jovens para irem aos postos durante esta fase da campanha exclusiva para eles. Importante lembrar que quem tomou a primeira dose há menos de um mês, deve aguardar trinta dias para receber a segunda”, orientou a diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica Estadual, Helena Sato.

SINTOMAS

Os sintomas do sarampo são febre alta, erupções vermelhas na pele, coriza, tosse, olhos vermelhos e lacrimejantes, conjuntivite, pequenas manchas brancas no interior da bochecha e manchas vermelhas pelo restante do corpo. O vírus pode ainda causar lesões cerebrais e outras complicações que podem levar à morte.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora