Secretário estadual fala em cronograma para viabilização do trem intercidades

Em entrevista ao LIBERAL nesta sexta-feira, ele afirmou que o desejo do governo é lançar a licitação para exploração do trem neste ano


Foto: Senado Federal on Visualhunt.com - CC BY
Segundo Baldy, não há como estabelecer prazos para o trem de passageiros neste momento

O secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, disse ontem que até 10 de fevereiro vai definir um cronograma de ações para viabilizar o trem intercidades, que prevê o transporte de passageiros de Americana a São Paulo. Em entrevista por telefone ao LIBERAL nesta sexta-feira, ele afirmou que o desejo do governo é lançar a licitação para exploração do trem neste ano.

Baldy foi com o governador João Doria (PSDB) a Brasília na quinta-feira, e conversou com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, sobre o assunto. A ideia é que o negócio seja explorado pela iniciativa privada.

O secretário, que foi ministro de Cidades do governo Temer até o fim do ano, informou que vai se reunir na terça-feira com representantes do Banco Mundial para ter acesso a um estudo que o órgão elaborou sobre o trem. Também na semana que vem, afirmou, um grupo do Ministério da Infraestrutura deve se reunir com a Rumo, concessionária da linha férrea. Entre quinta e sexta-feira, a Secretaria e o Ministério devem voltar a falar sobre o assunto. Em outubro, a Rumo afirmou que o compartilhamento de linhas entre o trem de cargas e o de passageiros seria viável só até Campinas. O secretário disse que ainda não é possível responder sobre isso. “O Ministério ficou de dialogar com a Rumo.”

Segundo Baldy, não há como estabelecer prazos para o trem de passageiros neste momento. Ele afirmou que o Governo Federal pretende fazer o trecho 1 do projeto entre a Estação da Luz do Metrô de São Paulo e Campinas e o trecho 2 de Campinas a Americana – o que não significa, afirma, que uma obra aconteceria antes da outra.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!