01 de junho de 2020 Atualizado 12:20

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Assalto

Roubo em Americana termina em tiroteio e morte de ladrão

Dois estudantes foram rendidos pelos assaltantes quando saiam de uma faculdade no bairro Santa Catarina

Por André Thieful

03 out 2019 às 10:45 • Última atualização 03 out 2019 às 22:52

Um roubo de veículo com reféns em Americana terminou em tiroteio e morte no começo da madrugada desta quinta-feira, dia 3, no limite entre Americana, Cosmópolis e Paulínia.

O roubo ocorreu na Rua Dom Bosco, no bairro Santa Catarina, em Americana, por volta das 20h30, quando dois estudantes, um rapaz e uma moça de 21 anos, que moram em Sumaré, estavam saindo de uma faculdade. Eles foram rendidos por dois criminosos, armados, no momento em que iam entrar no carro, um Ford Ka, pertencente ao pai do estudante.

Foto: Polícia Militar / Divulgação
O revólver de calibre 38 que estava em posse do assaltante foi apreendida na ocorrência

Os ladrões mandaram as vítimas entrar no banco traseiro e ficarem com a cabeça baixa. A ação criminosa foi vista por uma testemunha, que avisou uma viatura da PM (Polícia Militar) que fazia patrulhamento nas proximidades. Essa pessoa informou que os criminosos fugiram em direção à Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), sentido Rodovia Anhanguera (SP-330).

Já na SP-304, policiais militares viram um carro suspeito em alta velocidade. O veículo entrou na Rodovia Anhanguera, sentido Limeira, seguiu até a Avenida Nicolau João Abdala, em direção ao Salto Grande, em Americana, e seguiu pela Estrada Municipal Ivo Macris.

Pouco depois, a viatura ligou os sinais luminoso e sonoro para o veículo parar, mas os criminosos aumentaram a velocidade. Nas proximidades de um pesqueiro, o condutor do Ford Ka bateu em um barranco e os dois criminosos desceram e saíram correndo, cada um em uma direção.

Eles foram acompanhados, a pé, pelos policiais e um deles identificado, posteriormente, como Alexandre Resende Batista, de 39 anos, sacou uma arma e atirou no policial, que revidou e o criminoso caiu. Os policiais se aproximaram, mas o homem efetuou outros dois tiros e acabou sendo atingido por disparos efetuados por outro policial militar.

A unidade de resgate do Corpo de Bombeiros foi chamada e o criminoso ferido foi levado para uma unidade de saúde em Paulínia, mas não resistiu e morreu. O criminoso estava em posse de um revólver, calibre 38 – que foi apreendido.

O outro criminoso se escondeu em uma chácara, mas foi localizado e preso por outra equipe da PM. Ele tem 25 anos e, questionado, disse que foi levado ao local do roubo por dois homens que estavam em um VW Golf, mas não sabia o nome deles. Disse ainda que estava devendo para o criminoso morto e aceitou participar do roubo como forma de quitar a dívida.

Os dois homens têm antecedentes criminais e são de Americana. As vítimas permaneceram no carro durante a ação e não sofreram ferimentos.