03 de julho de 2022 Atualizado 18:57

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Americana e região vão receber 22 respiradores para combate ao novo coronavírus

Americana, Santa Bárbara, Sumaré e Hortolândia terão 5 equipamentos cada; Nova Odessa terá mais dois respiradores

Por Natália Velosa

09 de junho de 2020, às 14h21 • Última atualização em 09 de junho de 2020, às 19h03

As cinco cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) irão receber 22 respiradores do governo do Estado de São Paulo. Os equipamentos devem chegar até o final desta semana, segundo informou o governo paulista.

Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Hortolândia receberão cinco respiradores cada. Já Nova Odessa terá mais dois equipamentos.

Respiradores serão destinados pelo Governo de São Paulo – Foto: Governo de São Paulo_07/06/2020

Os novos equipamentos permitirão a ampliação de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva), destinadas ao atendimento de pacientes com o novo coronavírus (Covid-19).

Os respiradores serão enviados a unidades hospitalares estaduais, municipais ou filantrópicas das cidades.

Além da RPT, outras cidades da região de Campinas também vão receber os respiradores. Serão destinados mais 10 novos aparelhos para Campinas, 5 para Indaiatuba e 5 para Amparo. Também foram anunciados 5 respiradores para Rio Claro e mais 5 para Limeira.

Respiradores serão utilizados no combate à Covid-19 nas cidades da região – Foto: Assessoria de Comunicação do deputado Cauê Macris

Na segunda-feira (8), o Estado havia anunciado que outros 15 aparelhos serão destinados ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Campinas.

A distribuição é feita para locais com maior demanda de internações por coronavírus e estrutura para novos leitos, permitindo ampliação da capacidade de atendimento da rede pública de saúde.

Até o fim desta semana, o Governo do Estado pretende entregar 830 respiradores para hospitais de todo o estado.

* Estagiária, sob supervisão de Talita Bristotti.

Podcast Além da Capa
A relação de Americana com Santo Antonio, o padroeiro da cidade, completa 120 anos em 2020, mas a festividade em torno da data foi forçada a ser revista por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o administrador paroquial da Basílica, o padre Valdinei Antonio da Silva. A necessidade do cancelamento de outros eventos da comunidade católica, como as festas de São João de Carioba e do Senhor Bom Jesus, também é abordada com os padres Marcos Ramalho e Marcelo Fagundes.

Publicidade