Região tem 1.448 casos de dengue confirmados

Região ainda investiga 12 casos suspeitos de febre chikungunya e a morte de um morador do São Domingos, em Americana, por febre hemorrágica


A RPT (Região do Polo Têxtil) registrou, desde o início do ano, 1.448 casos de dengue. Os dados mais recentes foram informados pelas prefeituras nesta segunda-feira. A região ainda investiga 12 casos suspeitos de febre chikungunya e a morte de um morador do São Domingos, em Americana, por febre hemorrágica.

Americana vive uma epidemia da doença, com 850 casos confirmados. Na sequência, aparece Sumaré, com 264 pacientes com dengue – o dado mais recente é do dia 17 de abril pois o município não respondeu ao questionamento nesta segunda-feira. Santa Bárbara d’Oeste confirmou 198 casos; forma ainda 86 em Hortolândia e 50 em Nova Odessa.

A região investiga 12 notificações de febre chikungunya – também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. São oito casos suspeitos em Hortolândia, dois em Americana e dois em Santa Bárbara d’Oeste.

Foto: Reprodução / Facebook
O aposentado Milton Benedicto, de 69 anos, morreu com febre hemorrágica no dia 10 de abril

ÓBITO. O aposentado Milton Benedicto, de 69 anos, morreu com febre hemorrágica no dia 10 de abril. Foi coletado material para analisar qual doença provocou a morte do paciente – estão sendo investigados dengue, febre amarela, febre maculosa e leptospirose. Segundo familiares, ele havia recebido diagnóstico de dengue dias antes de morrer.

Há ainda um segundo caso suspeito de febre amarela em Americana, um homem de 43 anos do Cariobinha. A reportagem pediu à prefeitura mais detalhes desse paciente, mas foi informada que será possível um posicionamento apenas nesta terça-feira.

AMERICANA

COMO PREVENIR

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!