28 de setembro de 2021 Atualizado 10:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Região

Região soma 86 denúncias sobre Covid no MPT

A cidade que mais registrou denúncias foi Americana, com um total de 40 queixas

Por Maria Eduarda Gazzetta

24 jul 2021 às 10:24

As cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) registraram, desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), em março de 2020, até a última terça, 86 denúncias no MPT (Ministério Público do Trabalho) da 15ª Região, de Campinas. Os apontamentos se referem a irregularidades trabalhistas relacionadas à doença.

A cidade que mais registrou denúncias foi Americana. Com um total de 40 queixas, funcionários de empresas privadas e públicas apontam problemas nas condições sanitárias e desconforto nos locais de trabalho. O mês com maior registro de reclamações foi junho de 2020, somando um total de 13 queixas.

Na sequência de Americana aparece Hortolândia, com 17 denúncias registradas. Santa Bárbara teve 13 denúncias. O MPT recebeu outras 12 denúncias de locais de trabalho de Sumaré. Já Nova Odessa registrou quatro denúncias. As mais recorrentes foram sobre problemas nas condições sanitárias nos locais de trabalho, equipamentos de proteção individual e contratos suspensos.

Ao LIBERAL, o MPT informou que a partir das 86 denúncias, ajuizou dez inquéritos civis. Após o MP (Ministério Público) apurar e confirmar as denúncias, o órgão está em procedimento preparatório de 28 irregularidades, que poderão se enquadrar em Ação Civil Pública ou então Inquérito Civil, por exemplo.

Além disso, a instituição está acompanhando três ações civis coletivas realizadas por sindicatos trabalhistas. O MP ainda entrou com quatro ações civis públicas que estão tramitando na Justiça.

Publicidade