25 de julho de 2021 Atualizado 12:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Região já alcança ocupação de leitos de UTI da fase vermelha

Departamento Regional de Saúde de Campinas atingiu nesta quarta-feira o índice de 80% de ocupação

Por Marina Zanaki

10 jun 2021 às 07:53 • Última atualização 10 jun 2021 às 10:54

O Departamento Regional de Saúde de Campinas alcançou nesta quarta-feira 80% de ocupação dos leitos de UTI, marca que pelos próprios critérios do Plano São Paulo colocaria a região na fase vermelha.

Nesta quarta-feira, contudo, o governador João Doria (PSDB) manteve o Estado na fase de transição até o dia de 30 de junho, e recomendou que cidades com ocupação de UTIs acima de 90% adotem restrições.

Santa Bárbara d’Oeste tem ocupação de leitos de UTI municipais acima desse índice desde o dia 11 de maio. Questionada se vai adotar alguma restrição diante da recomendação do Estado, a prefeitura disse que está monitorando a situação e que reforçou ações para evitar aglomerações.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“A Secretaria de Saúde ressalta que segue com monitoramento constante em relação aos indicadores da doença, avaliando continuamente como a população se comporta após cada etapa de flexibilização ou retrocesso do Plano São Paulo na cidade e região”, disse a administração.

Americana tem a taxa geral de leitos com respiradores em 95%. No Hospital Municipal, a ocupação da semi-intensiva Covid-19 está em 84%. Nesta quarta, os quatro hospitais de Americana registram volume recorde de internados: são no total 195 pessoas hospitalizadas, das quais 94 estão com respiradores e 101 em enfermarias. Esse é o maior número desde o início da pandemia.

Na terça, o prefeito Chico Sardelli disse que descartava ampliar restrições. A prefeitura foi questionada nesta quarta sobre a recomendação do Estado, e respondeu que ainda não foi comunicada. “A situação da Covid e o seu combate é avaliada diariamente pelo município”, finalizou a administração.

Publicidade