04 de julho de 2020 Atualizado 22:26

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Região do Polo Têxtil registra a 50ª morte causada pelo novo coronavírus

Paciente era um morador de Sumaré de 68 anos, que estava internado no Hospital de Clínicas da Unicamp e morreu no último domingo

Por Marina Zanaki

09 jun 2020 às 17:58 • Última atualização 09 jun 2020 às 19:03

A RPT (Região do Polo Têxtil) registrou a 50ª morte provocada pelo novo coronavírus (Covid-19). O paciente era um morador de Sumaré, que estava internado no Hospital de Clínicas da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Segundo a prefeitura, ele tinha 68 anos e sofria de comorbidades. Ele morreu no domingo (7), mas seu caso foi informado pelo município somente nesta terça-feira (9). Não há informações sobre quanto tempo ele ficou internado.

A cidade tem 14 mortes provocadas pela doença. Além dessa morte, o boletim desta terça traz 20 novos casos positivos de Covid-19.

Desses, quatro estão internados. As pacientes são mulheres, sendo que duas delas estão no Hospital Estadual Sumaré (73 e 30 anos) e as outras duas na Unicamp (75 e 36 anos).

REGIÃO
Nos primeiros sete dias de junho, já foram registradas nove mortes provocadas pelo coronavírus nas cinco cidades da região.

Foram duas mortes em Americana (nos dias 1° e 4 de junho), uma em Nova Odessa (5 de junho), três em Hortolândia (duas mortes no dia 1° e uma no dia 3 de junho) e três em Sumaré (dias 1°, 6 e 7 de junho).

O LIBERAL mostrou que em maio o número de mortos na região mais que dobrou em relação a abril. No mês passado, foram 27 mortes provocadas pela doença, contra 12 em abril.

A primeira morte foi registrada em 27 de março, em Americana. Naquele mês, um morador de Nova Odessa também morreu em decorrência da doença.

Podcast Além da Capa
A relação de Americana com Santo Antonio, o padroeiro da cidade, completa 120 anos em 2020, mas a festividade em torno da data foi forçada a ser revista por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o administrador paroquial da Basílica, o padre Valdinei Antonio da Silva. A necessidade do cancelamento de outros eventos da comunidade católica, como as festas de São João de Carioba e do Senhor Bom Jesus, também é abordada com os padres Marcos Ramalho e Marcelo Fagundes.