27 de outubro de 2020 Atualizado 14:08

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Região alcança a marca de 20 mil recuperados da Covid-19

Cerca de 92% das pessoas infectadas na Região do Polo Têxtil conseguiram se recuperar

Por Heitor Carvalho e Marina Zanaki

26 set 2020 às 07:50

A RPT (Região do Polo Têxtil) superou a marca dos 20 mil recuperados do novo coronavírus (Covid-19) nesta sexta-feira. Os boletins epidemiológicos divulgados pelas prefeituras dos cinco municípios da região contabilizaram um total de 20.079 curados.

O número de recuperados representa 92,2% dos resultados positivos de Covid-19 nas cidades da região. No total, há 21.772 moradores infectados pela doença.

Pastor Rogério Bombatti ficou 35 dias internado, mas venceu doença – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Em Americana, há 5.524 casos positivos ante 5.157 recuperados. O município registrou 153 óbitos, oito internados, 206 pessoas em isolamento domiciliar e 212 casos suspeitos, que aguardam resultados de exame.

HISTÓRIA
Quando teve alta do Hospital São Lucas, no dia 13 de julho, o pastor Rogério Bombatti, de 60 anos, ainda teria que enfrentar um processo de recuperação. O LIBERAL mostrou que ele ficou internado por 35 dias por conta do novo coronavírus, e chegou a ser desenganado pelos médicos, mas conseguiu se curar.

Rogério contou que ao sair do hospital, não conseguia se mexer. O primeiro passo foi dado somente um mês e meio após receber alta. “Foram muitos dias intubado. Saí sem movimento, sem nada. Dores musculares, respiração que vai recuperando. Comecei a fazer fisioterapia, estou até hoje fazendo porque ainda sinto dores”, contou o pastor.

RETOMADA
Ainda não foi possível retomar totalmente o trabalho à frente da assembleia. “Trabalho com a voz, e ela ainda está fraca. Não consigo dominar, se fala demais ela fica bem fraca”, disse.

O pastor fez aniversário no dia 11 de agosto, mas lembra da data em que saiu do hospital como um renascimento. “Tem gente que fica só com uma falta de ar e passa logo, mas essa doença é complicada. Só quem teve o estágio que eu tive sabe o que é essa doença. Fui desenganado, ligaram para os meus familiares que não tinha mais o que fazer. Foi um milagre na minha vida”, definiu.

Publicidade