16 de junho de 2021 Atualizado 11:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Eleições 2022

PSDB pode ter dobradinha entre Dr. José e Vanderlei Macris

Ex-vereador barbarense avalia um retorno ao partido tucano e pode ser candidato a deputado estadual

Por Ana Carolina Leal

09 jun 2021 às 08:25 • Última atualização 09 jun 2021 às 10:11

O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) ensaia fazer uma dobradinha com o segundo colocado nas eleições para prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, no ano passado, o ex-vereador José Antonio Ferreira, o Dr. José (PSD), que avalia um possível retorno ao partido tucano.

Em março de 2020, o então vereador rompeu com o PSDB e se filiou ao PSD, anunciando sua pré-candidatura a prefeito de Santa Bárbara d’Oeste. Ele atribuiu sua saída às decisões do presidente do partido na cidade, Joel Oliveira, que o acusou de traição.

Deputado federal de Americana pode tentar reeleição em 2022 com a parceria do ex-vereador barbarense na esfera estadual – Foto: Arquivo / O Liberal

Na época, o ex-tucano disse que não tinha “nada contra” Cauê e Vanderlei Macris e que saiu da legenda “devido ao presidente do PSDB na cidade”. Joel, por sua, acusou Dr. José de traição e de “criar uma narrativa” para não falar o “real motivo” de sua saída.

“Estamos conversando, não tem nada fechado ainda, mas ele [Dr. José] é possivelmente um candidato a deputado estadual. Estamos vendo se a gente constrói uma parceria, eu sairia como deputado federal e Dr. José como estadual [nas eleições de 2022]”, disse Macris em entrevista ao LIBERAL nesta terça-feira (8).

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Natural de Americana, Vanderlei Macris está em seu quarto mandato como deputado federal por São Paulo. Ele também já foi eleito para sete mandatos como deputado estadual.

Derrotado nas eleições municipais de Santa Bárbara d’Oeste com 747 votos de diferença para o eleito Rafael Piovezan (PV), Dr. José venceu na maior parte da Zona Leste e chegou a ser o mais votado na maioria das urnas da cidade. Ele teve seu melhor desempenho em bairros como Jardim Pérola, Jardim Esmeralda e Cidade Nova, mas não passou dos 8.635 votos (9,43% dos votos válidos).

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O LIBERAL tentou contato com o médico e ex-vereador para falar sobre uma possível parceria com o deputado federal Vanderlei Macris, mas as ligações não foram atendidas.

Vice-governador

Ex-presidente da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) e atual secretário da Casa Civil do governo João Doria (PSDB), o tucano Cauê Macris teria começado uma articulação para ser vice na chapa para o governo de São Paulo encabeçada pelo vice-governador Rodrigo Garcia, recém-filiado ao PSDB, em 2022.

Cauê Macris articula ser vice na chapa com Rodrigo Garcia, recém-filiado ao PSDB, para o governo paulista – Foto: Rogério Teixeira / Alesp

Pai dele, o deputado federal Vanderlei Macris  descartou que o filho concorrerá a deputado. “É um nome citado [para vice], mas a gente ainda não sabe. O Rodrigo [Garcia] veio para o partido. Ele não é mais candidato a não ser que seja um cargo majoritário”, declarou Vanderlei Macris sobre a possibilidade de o filho dele, Cauê, ser vice na chapa do Rodrigo Garcia.

Em nota enviada pela assessoria, Cauê Macris disse apenas que “está totalmente voltado para executar um bom trabalho na Casa Civil e ajudar o governador João Doria e o vice-governador Rodrigo Garcia na gestão de São Paulo”.

Publicidade