21 de janeiro de 2022 Atualizado 21:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

COVID-19

Prefeitos aprovam barreiras sanitárias em toda a RMC

Medida leva em conta os riscos apresentados pela vinda de turistas da capital durante megaferiado

Por Bruno Moreira

24 mar 2021 às 11:29 • Última atualização 24 mar 2021 às 11:30

Barreiras sanitárias estão sendo realizadas em Campinas desde 18 de março – Foto: Denny Cesare / Código 19 / Estadão Conteúdo

Os prefeitos das 20 cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) aprovaram a criação de barreiras sanitárias para controlar a circulação de pessoas em meio à escalada da transmissão do novo coronavírus (Covid-19). O acordo ocorreu durante reunião na manhã desta quarta-feira (24) e vale a partir de sexta-feira (26).

Além do trânsito entre os próprios municípios da região, a medida também leva em conta o megaferiado de São Paulo, entre os dias 26 de março e 4 de abril, que pode ampliar o número de visitantes que partem da capital para o interior do Estado.

A decisão inclui os cinco integrantes da RPT (Região do Polo Têxtil): Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa, Sumaré e Hortolândia.

A localização dos bloqueios será sugerida para entradas e saídas municípios, com apoio de Guardas Municipais e Polícia Militar. Está previsto um encontro entre os secretários e autoridades de segurança para detalhar diretrizes.

As barreiras sanitárias já têm sido feitas em Campinas desde a última quinta-feira (18). A partir do último fim de semana, iniciativa semelhante, com o nome Operação Saturação, passou a ser aplicada em Sumaré. Membros da Guarda Municipal de Hortolândia também têm realizado blitzes.

Publicidade