Policial rodoviário baleado em Rio Claro morre aos 42 anos

Luis Fernando Bortolotti Garcia não resistiu aos ferimentos dos disparos que levou na última terça, quando chegava em sua casa e foi surpreendido


O policial militar rodoviário Luis Fernando Bortolotti Garcia morreu na manhã desta sexta-feira (8), aos 42 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Rafael, de Rio Claro, desde a última terça-feira, quando foi baleado no momento em que chegava em sua casa depois de um dia de serviço.

Foto:
Cabo da PMR faleceu na manhã desta sexta-feira, em Rio Claro

A PM (Polícia Militar) divulgou uma nota afirmando que o cabo faleceu por volta das 11h desta sexta. “Policial dedicado, sempre demonstrou imenso amor à sua profissão. Com 17 anos de serviço e 42 de idade acumulou centenas de elogios, condecorações e amigos, que hoje consternados sentem a tristeza da perda de um profissional exemplar e amigo de todas as horas”, diz o comunicado.

Ainda de acordo com a corporação, o policial foi atingido por dois disparos de arma de fogo – um na cabeça e outro no pescoço. Ele foi rendido por dois homens encapuzados quando desceu da moto parar abrir o portão de sua residência. A família do policial autorizou a doação de órgãos.

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora