26 de Maio de 2020 Atualizado 22:20

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Química forense

PF de Campinas inaugura laboratório de perícias criminais em Viracopos

Espaço tem 135 m² e foi construído com verba trabalhista no valor de R$ 824.828,21

Por Da redação

12 Maio 2020 às 16:11 • Última atualização 12 Maio 2020 às 21:21

O Nutec (Núcleo Técnico-Científico) da PF (Polícia Federal) em Campinas inaugurou um novo laboratório de química forense, localizado no Aeroporto Internacional de Viracopos. O espaço tem 135 m² e ganhou investimentos em estrutura e equipamentos. O projeto foi coordenado pela perícia criminal federal.

O novo laboratório possui uma sala de amostragem, uma de vias úmidas, uma instrumental e a secretaria. Além disso, há ainda um laboratório de documentoscopia, que é usado para dar suporte a eventuais demandas de análises de documentos no terminal aéreo.   

Novo laboratório de química forense no Aeroporto Internacional de Viracopos – Foto: Divulgação

A verba utilizada foi uma destinação do Ministério Público do Trabalho (MPT) no valor de R$ 824.828,21, derivada de um acordo judicial firmado com uma construtora, que foi destinada à PF antes da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A Polícia Federal de Campinas também recebeu 16 automóveis modelo Ford Fiesta a partir de outro acordo judicial. Os carros já foram entregues e estão alocados na delegacia da PF na própria cidade e também em Viracopos. 

De acordo com o chefe da criminalística federal no município, Lorival Campos Moreira, os exames de química forense representam uma das principais demandas periciais em Campinas e o espaço até então utilizado, no prédio principal da PF na cidade, já não era mais suficiente para atender todas as solicitações de análises técnico-científicas.

“Identificamos, então, a necessidade de termos uma estrutura adequada e capaz de dar respostas com qualidade e em tempo hábil a essas demandas”, destacou o perito.

*Estagiária Natália Velosa, sob supervisão de Guilherme Magnin.

Podcast Além da Capa
A quarentena decretada no Estado de São Paulo para combater a proliferação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) completa 50 dias nesta semana. Com as restrições impostas, muitas pessoas tiveram a rotina, hábitos e até o convívio familiar alterado. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o repórter André Rossi, que ouviu moradores da região para entender como a pandemia mudou a dinâmica de suas vidas.