05 de junho de 2020 Atualizado 22:27

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Orientação é que viagens sejam evitadas no feriado prolongado

Concessionárias e o governo paulista pedem que pessoas fiquem em casa durante o final de semana prolongado da Sexta-Feira Santa e Páscoa

Por Danilo Reenlsober

10 abr 2020 às 14:41 • Última atualização 10 abr 2020 às 14:44

Foto: Governo do Estado de São Paulo
O governador João Dória pediu que as pessoas evitam viajar neste final de semana

Em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), a orientação das autoridades estaduais de São Paulo é que as pessoas fiquem em casa e não viajem neste final de semana prolongado da Sexta-Feira Santa e a Páscoa. Prorrogada até o dia 22 de abril, a quarentena estabelecida em todo o Estado de São Paulo prevê o distanciamento social, a melhor arma, neste momento, para evitar a disseminação da doença.

“Nossa orientação é que as pessoas fiquem em casa e adiem essas viagens, ficar em casa é a melhor decisão agora”, orientou o secretário de Turismo do Estado, Vinícius Lummertz. “Isso garante a saúde de seus familiares e amigos e impede que, caso você tenha o vírus e seja assintomático, leve a doença para cidades nas quais a doença ainda está controlada”, completou.

As praias, um dos principais destinos dos brasileiros nos feriados prolongados, estão com os acessos restritos em todo o Estado, informou o governador João Dória (PSDB). “Não se dirijam, especialmente, ao litoral. Se puderem, fiquem em casa. Quem ficar em casa estará mais seguro, mais protegido”, afirmou o governador.

Além das autoridades, as concessionárias que administram as rodovias paulistas também solicitam que viagens sejam adiadas. As 20 empresas que operam os 9,8 mil quilômetros de rodovias concedidas estão reforçando as mensagens aos motoristas para que mantenham o isolamento como forma de prevenção à disseminação do coronavírus.

Desde o início da quarentena, as concessionárias têm exibido frases em seus painéis eletrônicos de mensagens sobre as formas de prevenção ao coronavírus, como orientações para lavar as mãos e evitar aglomerações. As redes sociais das concessionárias também reforçam a comunicação.