04 de dezembro de 2023 Atualizado 08:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Região

Onda de calor pode levar temperatura a 40°C em Americana e região

Segundo o CPTEC, há possibilidade de que as altas temperaturas continuem até 15 ou 16 de novembro

Por Gabriel Pitor

10 de novembro de 2023, às 08h34 • Última atualização em 10 de novembro de 2023, às 09h35

Eletrodomésticos como ventiladores atraem os consumidores - Foto: Claudeci Junior/Liberal

A Defesa Civil emitiu um alerta, nesta quinta-feira (9), quanto a uma onda de calor que deverá atingir o Estado de São Paulo entre este sábado (11) e a próxima segunda-feira (13).

A previsão do CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), é de que as temperaturas chegarão a 40°C em Americana e região, portanto 5°C acima da média de máximas registrada em novembro.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A onda de calor pode ser explicada por um bloqueio atmosférico que impede que frentes frias cheguem ao Estado. A massa de ar quente deverá se intensificar, elevando as temperaturas e aumentando a sensação térmica.

“A gente tem uma frente fria que está avançando ali pelo litoral do Sul do País e ela vai se aproximar do Estado de São Paulo, mas quando chegar, vai seguir para leste, ao Oceano Atlântico. A massa de ar quente, que tem permanecido no Estado, deve se intensificar”, explicou Bruno Bainy, meteorologista do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura).

Há possibilidade de que o calor continue até 15 ou 16 de novembro, mas como são projeções de longo prazo podem mudar ao longo dos dias.

Ainda segundo Bruno, não é possível afirmar que essa onda será mais intensa em relação à constatada em setembro, quando os termômetros chegaram a registrar 41°C.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Tempo quente exige cuidados

O aumento da temperatura, aliado à baixa umidade relativa do ar, demandam cuidados quanto à hidratação e à exposição ao sol.

A recomendação do Cepagri é que as pessoas bebam água regularmente e evitem atividades físicas das 10 às 16 horas.

Nos casos de crianças, idosos e pessoas com comorbidades, a atenção deve ser redobrada. Também é importante monitorar a temperatura da água de animais domésticos, bem como oferecer alimentos gelados ou colocar as refeições em horários mais amenos.

Receba as notícias de Americana e região no seu e-mail

* indicates required

Publicidade