Novos dirigentes de ensino ainda não foram nomeados – O Liberal

Novos dirigentes de ensino ainda não foram nomeados

A previsão era que o processo fosse finalizado no início do segundo semestre de 2019


Anunciada em junho do ano passado, a nomeação de dirigentes regionais escolhidos por meio de um processo seletivo ainda não ocorreu nas duas Diretorias de Ensino da região. A previsão era que o processo fosse finalizado no início do segundo semestre de 2019.

Batizado pelo governador João Doria (PSDB) de Líderes Públicos, o programa previu a seleção de profissionais para comandar 91 diretorias regionais do Estado, incluindo de Americana (que engloba Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste) e Sumaré (da qual Hortolândia e Paulínia fazem parte).

O processo seletivo incluía análise de histórico acadêmico e profissional, atividades voluntárias, idiomas e certificações. De acordo com nota divulgada em dezembro pela pasta, o processo seletivo foi até o dia 4 de julho e a nomeação dos gestores aconteceu em dezembro. Contudo, os nomes para os diretores da região ainda não foram divulgados.

Questionada sobre o critério de nomeação de profissionais para algumas diretorias e para outras não, a pasta estadual respondeu que tratou-se de um processo seletivo longo. Informou ainda que, assim que os profissionais que estarão à frente da região forem nomeados, haverá divulgação. Não há previsão de quando isso deve ocorrer.

A Secretaria destacou ainda que nenhuma das duas diretorias está “desassistida” de dirigentes, já que após o afastamento das então dirigentes em junho, outras profissionais foram designadas. Segundo a pasta, a dirigente temporária de Americana é Silvia Helena Sola Gimenes; em Sumaré, quem assumiu foi Elisete Aparecida Florio da Silva.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora