21 de setembro de 2020 Atualizado 22:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Violência

Mulher manda companheiro procurar emprego e apanha

Caso aconteceu no São Fernando, em Santa Bárbara, e a vítima teve escoriações; em Nova Odessa, outra mulher também foi agredida com um soco no braço

Por George Aravanis

05 jan 2020 às 18:37 • Última atualização 05 jan 2020 às 19:44

Uma mulher foi agredida pelo companheiro após dizer que ele deveria procurar emprego, no bairro São Fernando, em Santa Bárbara d’Oeste. A vítima, que tem 34 anos, foi parar no Pronto-socorro Afonso Ramos com escoriações no braço direito. O caso aconteceu por volta da 0h deste domingo (5).

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
O caso foi registrado no Plantão Policial de Santa Bárbara d’Oeste

A Guarda Civil Municipal foi à unidade de saúde para ouvir a mulher. A vítima disse que seu companheiro, um homem de 43 anos com quem mora, a agrediu depois de ela ter dito que ele tinha de procurar trabalho. O caso foi registrado no plantão policial de Santa Bárbara d’Oeste.

Outro caso

Em Nova Odessa, uma mulher de 24 anos contou à polícia que também foi agredida pelo companheiro, de 25. A agressão aconteceu no fim da tarde de sexta-feira (3), no Jardim São Jorge, mas foi comunicada por volta das 12h deste domingo.

O casal tem uma filha de dois anos. A mulher disse que foi agredida com um soco no braço. Ela pediu uma medida protetiva para que o homem se mantenha longe.

A vítima contou ao LIBERAL que morava com o companheiro na casa da mãe dele e que já estava dormindo na casa de familiares e amigos nos últimos dias, porque os dois estavam em processo de separação. Na sexta, havia ido até a casa para buscar algumas coisas e estava passando pano no imóvel.

O homem acordou, a viu no local e começou uma discussão que culminou na agressão. “Ele não sabe se controlar, porque ele bebe também”, contou a vítima ao LIBERAL. “Foi um soco forte no braço. Eu estava passando pano, só joguei o rodo [depois de ser atingida]”, lamentou.

Publicidade