Levantamento mostra PT como líder em filiados na região

Dados da Justiça Eleitoral apontam que o partido se mantém com mais de oito mil integrantes desde 2010


Levantamento feito pelo LIBERAL junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) revela que a proliferação de novos partidos políticos ainda não mudou o quadro de filiações na RPT (Região do Polo Têxtil). As três maiores siglas do País – PT, MDB e PSDB – também lideram em número de filiados. Juntos, PT, MDB e PSDB somam 23.416 seguidores em Americana, Hortolândia, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré.

O PT é o partido com o maior número de membros na região. Segundo a Justiça Eleitoral, a legenda somava, em junho, 8.870 membros em junho deste ano. O MDB tem 8.525 e o PSDB, 6.021 filiados. Ao todo, 35 siglas contam hoje com, pelo menos, um simpatizante na RPT.

Os dados revelam ainda que o PT, apesar dos resultados ruins nas duas últimas eleições em São Paulo, se mantém com mais de oito mil membros na região desde 2010. Segundo o presidente da sigla em Americana, Marco Antonio Barion, o Russo, o desempenho é fruto do perfil de pessoas que buscam a filiação.

“O PT não tem filiados, tem militantes. São pessoas que, graciosamente, vão para rua, defendem nas redes sociais e fazem campanha. Junto com o PCdoB, talvez sejam os únicos partidos que tenham isso. Uma causa para defender. Com isso, o crescimento é tanto espontâneo – de pessoas que se filiam pela Internet – quanto programático, quando o partido busca novos membros”, afirma.

O dirigente cita ainda o que ele chama de “criminalização da política” como causa para a baixa adesão da população aos partidos. “O PT tem crescido aquém das possibilidades. O que nós vemos hoje é uma criminalização da política, como se fosse uma atividade ruim. Em nome de alguns, se julga que todos cometam a mesma coisa”, completou.

O presidente do PSDB em Santa Bárbara, Joel José Pinto de Oliveira, acredita que as legendas mais “tradicionais” ainda ocupam maior espaço na região por representatividade nacional. “São partidos que têm visibilidade: deputados, senadores, governadores. O PSDB tem 30 anos e o PT algo perto disso. O MDB tem mais. Estão consolidados a nível nacional e isso dá exposição na mídia e leva a atração de mais filiados”, ressaltou.

O presidente do MDB de Americana, Fernando Giuliani, disse que a transparência dos mandatos exercidos pelos políticos é a melhor forma de atrair novos membros. “Elegemos quatro vereadores e o prefeito com a política de transparência. Por esse motivo, a vinda de novos filiados acontece naturalmente”, concluiu.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!