18 de Maio de 2020 Atualizado 08:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Laboratórios particulares relatam ‘grande procura’ por testes

Laboratório de Santa Bárbara conta que empresas passaram a testar os funcionários para retornar ao trabalho, o que fez a procura por testes aumentar ainda mais

Por Marina Zanaki

18 Maio 2020 às 08:10 • Última atualização 18 Maio 2020 às 08:35

Os laboratórios privados de Americana e região têm registrado grande procura por testes rápidos para identificar o novo coronavírus (Covid-19).

Biomédica e proprietária do Caprilab, de Santa Bárbara d’Oeste, Priscila Bortolozzo contou que o laboratório estava comprando um kit de testes por semana, mas que por conta da demanda aumentou o pedido para cinco.

Teste rápido é usado para identificar anticorpos contra o coronavírus – Foto: João Carlos Nascimento_O Liberal_9.04.2020

“As empresas começaram a procurar para testar funcionários que estão trabalhando e muitos que estão retornando ao trabalho”, explicou.

O laboratório barbarense tem recebido pacientes de cidades da região, como Americana, Limeira, Campinas, Sumaré, Nova Odessa e Piracicaba.

“Muitos vêm aqui para realizar o teste porque não estão conseguindo realizar em sua cidade, por falta de kit. Uma cliente de Campinas chegou a ir para São Paulo tentar fazer o exame. Ela agendou, mas quando chegou lá não realizaram porque só estão fazendo para profissionais da área da saúde”, contou a biomédica.

Dos 75 testes realizados até o momento no Caprilab, cinco foram positivos – dois de pacientes de Americana, um de Sumaré, um de Limeira e um de Campinas.

Farmacêutico bioquímico e gerente operacional do laboratório Pasteur, Danilo Salvador disse que a procura está expressiva, apesar de ter sofrido uma redução em relação ao início.

O laboratório havia feito 133 testes nos primeiros cinco dias em que o exame ficou disponível. Pouco mais de um mês depois da chegada dos kits, foram feitos 582 testes nos laboratórios de Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Limeira e Piracicaba da Pasteur. Desses, 84% tiveram resultado negativo e os demais positivo.

Podcast Além da Capa
Diante da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), em virtude da determinação de paralisação de atividades econômicas e do isolamento social forçado pela quarentena, o reflexo no mercado de trabalho é um dos principais termômetros para medir os danos. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o repórter George Aravanis, que trata do aumento dos pedidos de seguro-desemprego e acompanha os anúncios de suspensões de contrato de trabalho em empresas da RPT (Região do Polo Têxtil).