Indústria da região fecha 150 vagas no primeiro semestre

Na regional de Americana, que inclui Cosmópolis e Nova Odessa, saldo foi de 350 vagas fechadas; em SB, por outro lado, saldo é positivo em 200 postos


A indústria da região fechou 150 vagas no primeiro semestre, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Fiesp (Federação da Indústria do Estado de São Paulo). Na regional de Americana, que inclui Cosmópolis e Nova Odessa, o saldo foi de 350 vagas fechadas. A indústria de Santa Bárbara d’Oeste, por outro lado, abriu 200 postos de janeiro a junho.

Foto: Arquivo / O Liberal
Indústria da região fechou 150 vagas no semestre nos primeiro semestre do ano

No mesmo período do ano passado, o resultado tinha sido pior. A região havia fechado 1,1 mil vagas de emprego.

Os setores que influenciaram o desempenho negativo em Americana foram produtos têxteis (-5,41%), equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-4,08%) e veículos e autopeças (-4,07). Em junho, a regional teve queda de 150 empregos.

Já o saldo positivo de 200 empregos em Santa Bárbara está relacionado aos setores de produtos de borracha e de material plástico (6,69%), produtos têxteis (4,06%) e máquinas e equipamentos (3,5%). A cidade teve saldo positivo de 50 postos.

“A geração de emprego foi fraca no primeiro semestre, ficando abaixo das nossas expectativas. Esse resultado sinaliza que a indústria paulista deve ter fechamento líquido de vagas no ano de 2019”, avaliou o 2º vice-presidente da Fiesp, José Ricardo Roriz.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora