03 de março de 2021 Atualizado 19:51

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Oportunidade

IBGE reabre concursos para 954 vagas temporárias na região

Vagas são temporárias para realização do Censo Demográfico 2021 e para os cargos de recenseador e agente censitário; veja como se inscrever

Por Heitor Carvalho

18 fev 2021 às 11:16 • Última atualização 19 fev 2021 às 13:51

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) publicou dois editais no Diário Oficial da União desta quinta-feira (18) para contratar temporariamente pessoas para trabalhar no Censo Demográfico 2021.

Nos municípios da RPT (Região do Polo Têxtil), serão oferecidas 954 vagas, 14 a menos que as que eram oferecidas no edital publicado no início do ano passado.

IBGE vai contratar pessoas para trabalhar no Censo Demográfico 2021 – Foto: Licia Rubinstein / Agência IBGE Notícias

Na região serão 14 vagas para ACM (agente censitário municipal), 72 para ACS (agente censitário supervisor) e 868 para recenseador. Em todo o Brasil, serão oferecidas mais de 204 mil vagas no total.

Em março do ano passado, o IBGE anunciou o adiamento do Censo para 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo o instituto alegou na época, seria impossível realizar os treinamentos dos agentes.

Confira as vagas por cidade:

AGENTE CENSITÁRIO (necessário Ensino Médio completo)

Americana: 20 vagas
Hortolândia: 19 vagas
Nova Odessa: 6 vagas
Santa Bárbara d’Oeste: 17 vagas
Sumaré: 24 vagas

De acordo com o edital, as inscrições para as vagas voltadas para agentes censitários, divididas entre ACM e ACS, começam nesta sexta-feira (19) e vão até o dia 15 de março. A inscrição será feita pelo site e a taxa é de R$ 39,49. É preciso ter concluído o ensino médio. O salário é de R$ 2.100 para ACM e de R$ 1.700 para ACS.

A carga horária é de 40 horas semanais, ou 8 horas diárias. Os melhores colocados ocuparão a vaga de agente censitário municipal, que coordenará a coleta naquele município. Os agentes censitários supervisores inspecionam as equipes de recenseadores. O contrato é de até 5 meses, mas pode ser prorrogado.

ACM e ACS também terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, conforme estabelecido no edital.

RECENSEADOR (necessário Ensino Fundamental completo)

Americana: 218 vagas
Hortolândia: 187 vagas
Nova Odessa: 53 vagas
Santa Bárbara d’Oeste: 168 vagas
Sumaré: 242 vagas

Para recenseador, segundo o edital, as inscrições serão realizadas de 23 de fevereiro a 19 de março. Para concorrer à função, o candidato deve ter nível fundamental completo. A taxa de inscrição é de R$ 25,77 e pode ser feita pelo site. O contrato previsto é de 3 meses e a jornada de trabalho é de 25 horas semanais.

Segundo o instituto, os recenseadores serão remunerados por produtividade, de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas.

O IBGE disponibilizará um simulador no site do Censo 2021 para que os candidatos estimem a remuneração a ser obtida, com base nos valores pagos por setor censitário nas diferentes localidades do país.

Além da prova, os recenseadores passarão por um treinamento presencial e à distância com duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias. Os candidatos que tiverem no mínimo 80% de frequência terão uma ajuda de custo. O trabalho começa em agosto.

O ideal é que os recenseadores aprovados morem nas próprias localidades onde vão trabalhar, para economia de custos com deslocamentos e maior produtividade nas visitas domiciliares.

PROVAS

As provas serão realizadas no dia 18 de abril para ACM e ACS e no dia 25 de abril para recenseadores. O cronograma detalhado de ambos os processos seletivos está disponível nos editais.

Os candidatos a ACM e ACS farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 questões de Ética no Serviço Público, 15 questões de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 questões de Conhecimentos Técnicos.

Já os candidatos a recenseador farão prova objetiva com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos.

Os candidatos deverão levar caneta esferográfica da cor preta e de material transparente, além do comprovante de inscrição e de um documento original com foto.

As provas terão duração de quatro horas e serão aplicadas no período da tarde. Os gabaritos serão divulgados no dia seguinte a aplicação das provas, a partir das 19h, no site do Cebraspe. O resultado final será divulgado no dia 27 de maio.

COVID-19

Por conta da pandemia de Covid-19, será obrigatório o uso de máscaras, o distanciamento social e o uso de álcool em gel, que estará disponível em todos os locais de prova. O candidato que descumprir os protocolos sanitários será eliminado e terá sua prova anulada.

Com o adiamento do Censo para 2021, os processos seletivos abertos em 2020 foram cancelados. Quem se inscreveu na seleção do ano passado não está com a inscrição garantida para os processos seletivos deste ano e é preciso fazer uma nova inscrição.

Os inscritos na seleção cancelada podem solicitar o reembolso da taxa de inscrição desde maio do ano passado através do telefone 0800 721 8181. A ligação é gratuita. Basta informar nome e CPF para confirmação do cadastro e dados bancários (banco, nº da agência e conta bancária), em que seja o titular, para o recebimento do valor.

Publicidade