24 de novembro de 2020 Atualizado 10:18

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Parque

Hopi Hari divulga sua programação para o mês de outubro

Parque reabriu em 26 de setembro e oferece novas atrações, seguindo protocolos de prevenção à Covid-19

Por Redação

02 out 2020 às 20:13 • Última atualização 02 out 2020 às 20:21

O Hopi Hari, em Vinhedo, divulgou sua programação completa para o mês de outubro no parque. Após quase sete meses fechado por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o local reabriu suas fronteiras no dia 26 de setembro e, a partir desta semana, passa a funcionar de sexta a domingo. Além de se divertirem nos brinquedos, os visitantes poderão curtir atrações drive-in.

Hopi Hari retomou as atividades em 26 de setembro – Foto: Anderson Torres / Hopi Hari

Para que mais pessoas possam se divertir de uma forma segura, e respeitando o protocolo de segurança sobre a Covid-19, que autoriza acesso a 40% da capacidade de público do local, o Hopi Hari ampliou o horário de funcionamento, abrindo também às sextas-feiras, das 10h às 17h.

A estrutura funciona com exceção das atrações Simulakron, Cinemotion, La Mina del Joe Sacramento e Katakumb, que não estarão operando; os shows Klapi-Klapi – Dino, um dinossauro de verdade, Ha-habitaris Show – Theatro de Kaminda e Saloon Show – O Forasteiro que estão suspensos, em virtude dos protocolos sanitários; e La Tour Eiffel, por estar em manutenção.

DRIVE-IN
Após às 18h, o Parque promove uma série de shows para curtir sem sair do carro, realizados no Teatro Arena Show di Hopi Hari:

Parque segue protocolos de prevenção ao novo coronavírus – Foto: Anderson Torres / Hopi Hari

Na próxima semana, no dia 9 de outubro, acontece uma balada drive-in com o DJ Claudinho Brasil e seus convidados, Zelig e Danne, com muita música eletrônica. A atração fica ainda mais completa com a presença dos DJ’s residentes Igor Mezaki e Marcos Thorpe.

O Horror Drive Tour, que estreou em setembro, segue com sessões aos sábados e domingos, a partir das 18h, e uma edição extra no dia 12.

Inspirado na Hora do Horror, a atração é um percurso assustador de quase 3 quilômetros, em que os participantes se tornam exploradores de uma história macabra, que se passa nos bastidores de um estúdio de gravação abandonado, cheio de referências a filmes clássicos de terror.

Local passou quase sete meses fechado por conta da pandemia – Foto: Divulgação

PARA AS CRIANÇAS
Em comemoração ao mês das crianças, o Parque lançou a promoção Mês dos Tikitos, na qual, de 2 de outubro a 2 de novembro, crianças de até 12 anos, acompanhadas de um adulto pagante integral, ganham o Passaporti. Inclusive, no dia 12, data em que se comemora o Dia das Crianças, o Hopi Hari também funcionará das 10h às 17h.

INGRESSOS
Os Passaportis para as baladas no formato drive-in custam R$ 129,90 cada e são válidos para um veículo com no mínimo duas pessoas e no máximo quatro. Os visitantes que forem ao Electric Drive-in ainda podem aproveitar a promoção relâmpago e curtir o Horror Drive Tour na mesma data, ao adquirir o Passaporti promocional aqui.

Já para o Horror Drive Tour o ingresso dá acesso de um automóvel de pequeno ou médio porte com duas, três ou até quatro pessoas, no valor de R$249,90. Vale lembrar que, ao fazer a aquisição é preciso concordar com as medidas de saúde do protocolo anticovid-19 do Hopi Hari. No dia dos eventos, basta apresentar o QR-Code gerado no site.

Para usufruir do parque durante o dia, para aqueles que têm Passaportis válidos em mãos e que se enquadram nas ações promocionais que o Hopi Hari realizou nos últimos seis meses, será possível visitar normalmente o parque, basta apresentar o voucher de compra diretamente nas catracas.

Já os profissionais da área da Saúde – convidados em abril deste ano, como forma de agradecimento pelos serviços frente à Covid-19, e que se cadastraram – poderão retirar e utilizar a cortesia até 27 de dezembro deste ano.

Para isso é preciso acessar o site e inserir o código promocional – que é o número do documento utilizado na realização do cadastro. Em seguida é só realizar o agendamento.

Vale lembrar que, para garantir a capacidade de operação em 40%, a equipe do Parque monitorará o acesso do público e tomará ações necessárias para manter o fluxo de pessoas dentro da capacidade permitida.

Publicidade