23 de Maio de 2020 Atualizado 20:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Grupo prepara nova carreata pró-comércio para esta quinta-feira

A concentração está marcada para a Avenida Antônio Pinto Duarte e a previsão é percorrer a Rodovia Anhanguera até Campinas

Por George Aravanis

29 abr 2020 às 09:34 • Última atualização 29 abr 2020 às 21:25

Um grupo de empresários prepara uma carreata para esta quinta-feira pedindo a reabertura do comércio no Estado.

A concentração está marcada para a Avenida Antônio Pinto Duarte, logo depois do cruzamento com a Rua São Vito, em Americana, às 13h30. A previsão é percorrer a Rodovia Anhanguera (SP-330) até Campinas por uma das faixas.

Intitulado Volta Consciente, o grupo diz que é apartidário e quer a reabertura imediata das lojas.

Um dos líderes do movimento, o empresário do ramo têxtil em Americana Michel David, afirma que a ideia surgiu entre amigos do setor e ganhou adesão.

Americana já teve duas carreatas pela reabertura do comércio; a última reuniu 1,2 mil veículos – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal_18.4.2020

Cerca de 1,2 mil pessoas estão no grupo e representantes de aproximadamente 200 empresas já confirmaram presença na carreata, segundo ele.

De acordo com David, os empresários empregam cerca de 60 mil pessoas. Há no grupo membros de Americana, Nova Odessa, Santa Bárbara, São Paulo e Ibitinga, conta.

“A situação é urgente, porque nós estamos sem canal de escoamento da mercadoria. As fábricas e confecções podem trabalhar, mas como não tem o canal de escoamento, a gente não tem para quem vender”.

De acordo com David, as empresas estão dispostas a adotar todas as medidas de segurança e higiene que o governo estabelecer, caso a reabertura seja permitida. A quarentena decretada pelo governador João Doria (PSDB) vai, pelo menos, até o dia 10 de maio.

O grupo diz que já entregou um documento ao governo do Estado, assinado por empresários e entidades do setor.

Americana já teve duas carreatas pela reabertura. Ambas foram organizadas por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. A última reuniu cerca de 1,2 mil veículos.