Governo de SP entrega seis ônibus escolares para RPT

Os veículos fazem parte de um total 29 ônibus escolares que serão utilizados para o transporte escolar da região de Campinas


O Governo do Estado de São Paulo entregou seis ônibus escolares para Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste nesta segunda-feira (7). Americana ganhou três veículos, Nova Odessa foi beneficiada com um veículo, e Santa Bárbara terá dois ônibus escolares. Hortolândia e Sumaré, que fazem parte da RPT (Região do Polo Têxtil), não foram contempladas.

Os veículos fazem parte de um total 29 ônibus escolares que serão utilizados para o transporte escolar da região de Campinas. Em âmbito estadual, foram disponibilizados 180 ônibus para cidades paulistas com investimento de cerca de R$ 40,7 milhões.

Foto: Governo de SP / Divulgação
Americana ganhou três veículos, Nova Odessa um ônibus, e Santa Bárbara terá dois ônibus escolares

O valor unitário de cada ônibus é R$ 226,5 mil. A compra faz parte do “Programa Caminho da Escola”, criado pelo FNDE (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação), vinculado ao Ministério da Educação.

Participaram da cerimônia no Parque Villa-Lobos, em São Paulo, o vice-governador Rodrigo Garcia; o secretário da Educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares; e o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Acessibilidade

Os veículos possuem características que permitem circulação tanto em zonas urbanas, quanto em zonas rurais, passando por vias sem pavimentação, terrenos acidentados e irregulares, sob condições severas de operação. Eles comportam até 44 estudantes sentados, além do condutor.

Os ônibus também estão equipados com dispositivo de acessibilidade. Uma poltrona móvel, que pode ser deslocada, garante o embarque e desembarque dos estudantes com deficiência ou mobilidade reduzida.

Por meio da parceria com os municípios e o investimento no transporte escolar, o Governo de São Paulo garante o acesso e permanência dos estudantes nas escolas e a segurança no deslocamento até elas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora