Feirão habitacional se encerra neste domingo

Evento da Secretaria Estadual de Habitação oferece 673 imóveis na região com subsídio aos servidores estaduais


Termina no próximo domingo, dia 30, o prazo para que servidores públicos estaduais e beneficiários do auxílio-moradia se inscrevam no 3º Feirão de Imóveis Seu Sonho Nosso Compromisso, realizado por empresas que atuam na área de habitação de interesse social. O evento disponibilizou 673 imóveis em Americana e Santa Bárbara d’Oeste.

Esse público pode contar com os aportes dos cheques moradia, emitidos pela Secretaria Estadual de Habitação, para compra da casa própria. Para ter direito ao subsídio, que varia entre R$ 5 mil e 40 mil, o beneficiário deve ter uma renda familiar bruta mensal de, no máximo, R$ 5.280.

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Através do feirão os interessados fazem a escolha do imóvel desejado

Os interessados não poderão ser proprietários de imóveis residenciais ou ter recebido atendimento habitacional anterior. O valor das moradias é estabelecido pelo agente financeiro Caixa Econômica Federal, operador do Programa Minha Casa Minha Vida.

Também podem adquirir imóveis interessados que não sejam funcionários públicos ou recebam o auxílio-moradia, mas não haverá subsídio para esses casos.

O feirão contou com dois dias presenciais na Capital – 1º e 2 de dezembro – e foi prorrogado por 28 dias, 13 dias a mais que a segunda edição realizada no ano passado. Agora, os imóveis estão disponibilizados exclusivamente no site www.seusonhonossocompromisso.com.br. O interessado deve procurar pelo município de interesse, verificar as moradias disponíveis e, então, entrar em contato com a construtora responsável para negociar a compra.

Os cheques têm validade de 120 dias, prazo estimado para viabilizar as contratações e as assinaturas de contrato de financiamento habitacional com a Caixa. Os subsídios do cheque serão cumulativos com os subsídios federais. Nas duas edições, foram emitidos 1.566 cheques-moradia – sendo 1.506 para servidores públicos e 60 para beneficiários do auxílio moradia. Isso representou um investimento de R$ 36,3 milhões do Governo do Estado a fundo perdido. Desse total de imóveis comercializados, 31 foram na região de Campinas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora