28 de junho de 2022 Atualizado 10:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Região

Fatecs e Etecs da região terão concurso para professores

Candidatos aprovados no concurso terão contrato por prazo indeterminado e as contratações serão feitas em 2023

Por Maria Eduarda Gazzetta

15 de junho de 2022, às 20h04

Abertura do concurso foi anunciada pelo governador, Rodrigo Garcia (PSDB), nesta quarta-feira - Foto: Marcelo Rocha - Liberal

As Fatecs (Faculdade de Tecnologia) e Etecs (Escolas Técnicas) da região vão abrir, no segundo semestre deste ano, concurso público para contratação de professores e servidores administrativos para atuar nas unidades escolares. A abertura do concurso foi anunciada pelo governador, Rodrigo Garcia (PSDB), nesta quarta-feira.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O Centro Paula Souza (CPS), administrador das unidades, informou que o próximo passo será a distribuição regional das vagas. Na RPT (Região do Polo Têxtil), os cargos são para a Etec Polivante de Americana, a Etec de Hortolândia e, em Nova Odessa, na Etec Ferrúcio Humberto Gazzetta. Em Santa Bárbara d’Oeste, os cargos serão para a Etec Profº Dr. José Dagnoni. Além das escolas técnicas, também terão vagas abertas para a Fatec Ministro Ralph Biasi, em Americana e para a Fatec Sumaré.

Serão contratados professores de ensino médio e técnico, cujo salário inicial será de R$ 4.685,08; docentes do ensino superior, com remuneração de R$ 7.794,43; agente técnico e administrativo (nível médio), com salário de R$ 1.689,53. Já para o cargo de bibliotecário, (nível superior), o salário inicial é de R$ 3.068,65. E para o especialista em planejamento educacional, obras e gestão (nível superior), o salário inicial é de R$ 4.737,56.

Os candidatos aprovados no concurso terão contrato por prazo indeterminado e as contratações serão feitas em 2023.

FALTA DE PROFESSOR. Desde fevereiro deste ano, estudantes da Etec Polivalente estão sem professor fixo de matemática, por conta do afastamento do professor Roberto Torezan, de 67 anos, após ter feito um discurso homofóbico. O Centro Paula Souza informou ao LIBERAL, nesta quarta, que as aulas já começaram a ser repostas e que está em andamento processo para contratação temporária de um professor substituto.

Publicidade