01 de março de 2021 Atualizado 13:48

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Fase vermelha aos finais de semana e após as 20h deve ser retirada na quarta-feira

Governo sofreu pressões ao longo da semana passada, com protestos de entidades ligadas a bares e restaurantes

Por Marina Zanaki

01 fev 2021 às 15:42 • Última atualização 01 fev 2021 às 15:44

Governador indicou que deve derrubar as medidas complementares que colocaram todo o estado na fase vermelha - Foto: Governo do Estado de São Paulo

Uma semana após restrições entrarem em vigor no Estado de São Paulo para controle da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o governador João Doria (PSDB) indicou que deve derrubar as medidas complementares que colocaram todo o estado na fase vermelha aos finais de semana e após as 20h de segunda a sexta-feira.

O anúncio oficial deve ser feito na quarta-feira (3) e já deve afetar o próximo final de semana.

O governo sofreu pressões ao longo da semana passada, com protestos de entidades ligadas a bares e restaurantes. A justificativa de Doria para a mudança, contudo, foi queda nas internações pela segunda semana consecutiva.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde, foram registradas 1.545 internações na quarta semana epidemiológica do ano, uma redução de 8% em relação à semana anterior, que teve 1.685 internações. Esse número de 1.685 internações representou queda de 4% nas internações em relação à semana anterior.

Foram registradas na semana passada 219 novas mortes pela pandemia (estabilidade em relação à semana anterior) e 11.238 novos casos (aumento de 5% em relação à semana anterior).

O governador João Doria afirmou que, caso os dados se mantenham nesses mesmos patamares até quarta-feira, as restrições complementares do Plano São Paulo serão retiradas. Uma nova reclassificação está marcada para sexta-feira (5).

“Medidas restritivas trazem impacto na preservação de vidas. Se não tivéssemos agido como foi feito, o sistema de saúde do Estado teria infelizmente colapsado”, declarou o Secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn.

ISOLAMENTO
Americana teve 40% de isolamento no sábado (30), quando estava em vigor a fase vermelha. O percentual é ligeiramente maior do que no dia 23 de janeiro (38%) e 16 de janeiro (39%), mas inferior ao dia 9 de janeiro (43%).

Situação semelhante ocorreu no domingo, que teve 45% de isolamento. Foi ligeiramente melhor do que nas três semanas anteriores (44%, 44% e 42%, respectivamente).

No Estado de São Paulo, 55% das cidades tiveram aumento no isolamento no final de semana entre 1 e 7 pontos percentuais; 19% teve piora no isolamento no sábado e domingo; e 26% não houve qualquer mudança no faseamento vermelho.

Publicidade