07 de julho de 2020 Atualizado 21:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Sumaré

Família compra máscaras com notas falsas e acaba detida pela polícia

Família alegou que não sabia que a cédula de R$ 100 entregue em um comércio de Nova Odessa era falsa

Por Leonardo Oliveira

03 jun 2020 às 12:40 • Última atualização 03 jun 2020 às 13:54

Três integrantes de uma mesma família foram detidos pela PM (Polícia Militar) nesta terça-feira (2) após terem dado uma nota de R$ 100 falsa para comprar máscaras faciais em um comércio de Nova Odessa. Eles tentaram fugir, mas foram localizados em Sumaré.

O LIBERAL teve acesso a boletins de ocorrência registrado nas duas cidades. Segundo eles, o crime aconteceu na manhã de ontem, às 11h42. Uma mulher entrou em uma loja do Residencial Santa Luzia e comprou R$ 20 em máscaras faciais.

Na hora de pagar, ela deu uma nota falsa de R$ 100. A dona do estabelecimento chegou a ficar desconfiada, mas a compradora teria dito que “também trabalhava no comércio” e que a cédula era verdadeira. Depois disso, ela pegou a máscara e saiu rapidamente do local.

Os parentes da vítima pegaram a nota e constataram que era falsa. A polícia foi acionada e flagrou através de câmeras de segurança que a mulher havia entrado em um Chevrolet Corsa.

Policiais notaram um carro com as mesmas características circulando pela Vila Santana, em Sumaré, e fizeram a abordagem. Nele havia um casal e a filha. Eles confessaram que tinham comprado com a nota falsa, mas alegaram que não sabiam disso.

No automóvel, a polícia encontrou R$ 972, que o motorista disse ser o dinheiro do auxílio emergencial. Como não houve flagrante, os três suspeitos foram liberados para responder em liberdade. A cédula falsa foi encaminhada para perícia técnica.