Espera por vaga para cirurgia oncológica já dura três meses

Marco Antonio Pereira Lima foi diagnosticado com câncer na bexiga e precisa passar por uma cirurgia


Um morador de Americana, de 54 anos, espera desde o final de setembro por uma vaga em um hospital especializado. Marco Antonio Pereira Lima foi diagnosticado com câncer na bexiga e precisa passar por uma cirurgia, mas a Cross (Central de Regulação da Oferta de Serviços de Saúde) ainda não disponibilizou a transferência.

O Ministério Público questionou o DRS 7 (Departamento Regional de Saúde) em Campinas, sobre a situação dele e recebeu como resposta a informação de que deve ser submetido ao procedimento no Hospital Celso Pierro, em Campinas. O problema, no entanto, é a fila. Outros 54 pacientes aguardam na unidade.

“Estou desesperada. Já fui na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), conversei com assistente social e fui atrás de vereador e nada. A dor dele é intensa” afirma Eliana Aparecida de Lima Pereira, mulher de Marco Antonio. Ela denunciou o caso ao MP, que propôs ação civil pública contra a Secretaria Estadual de Saúde.

Nesta quinta o juiz Marcos Cosme Porto, da 2ª Vara Cível, determinou que o Estado realize a cirurgia em prazo máximo de 10 dias, seja na rede pública ou na privada, sob pena de uma multa de R$ 2 mil por dia.

Em nota a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde disse que os procedimentos para o atendimento estão em curso. “A Cross informa que a regulação do caso do senhor Marco Antonio Pereira Lima está em andamento e o paciente será comunicado assim que a data para a consulta em Urologia for disponibilizada”, informou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!