17 de julho de 2024 Atualizado 21:00

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Licitação em andamento

Delegacias policiais da região estão sem contrato para limpeza

Vínculo com a antiga prestadora terminou na última sexta e funcionários de outros setores estão tendo que assumir o serviço

Por Leonardo Oliveira

10 de julho de 2020, às 10h07

As delegacias de polícia subordinadas a Delegacia Seccional de Americana estão sem contrato para serviços de limpeza desde a última sexta-feira (5), quando o vínculo com a Ambiental Sistema de Limpeza e Conservação venceu. Funcionários das unidades reclamaram da situação ao LIBERAL.

Ao todo, 23 unidades policiais eram atendidas pelo contrato nas cidades de Americana, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Hortolândia, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré – nesta última, agentes da prefeitura foram designados para a limpeza, por isso não houve prejuízo.

No total, 23 unidades policiais eram atendidas pelo contrato – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Ao LIBERAL, o delegado Claudiney Albino Xavier, da Seccional de Americana, confirmou que o vínculo com a antiga prestadora do serviço terminou no último dia 5. Ele informou que uma licitação foi aberta para contratar uma nova empresa, mas que foram necessários reajustes no edital.

O pregão eletrônico para definir a vencedora do certame será realizado no dia 23 deste mês. Segundo o delegado, a previsão é que a nova responsável pelo serviço de limpeza das delegacias comece a operar em 1° de agosto em um contrato com validade de 30 meses.

Funcionários de unidades policiais da região defendem que a limpeza e higienização dos ambientes, que não estão sendo realizados nos prédios, são ainda mais fundamentais durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) como uma das formas de evitar o contágio.

Agentes que atuam em outras funções estão tendo que providenciar por conta própria a retirada do lixo gerado, a limpeza de superfícies e a higienização do espaço com álcool em gel. “O colega que estava aqui a noite recolheu todo o lixo, inclusive já tinha bigatos e os colocou na lixeira”, informou um agente.

Claudiney disse à reportagem que os materiais de limpeza estão sendo enviados para as delegacias que integram a Seccional de Americana.

Publicidade